a

Agronegócio

SOJA E MILHO MT vai liderar produção por mais 10 anos

Publicados

Agronegócio

Mato Grosso deve se manter na liderança como maior produtor de milho e soja pelos próximos 10 anos, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Os números fazem parte de uma projeção para a safra 2027/208, divulgada pelo órgão na segunda-feira (6).Em 10 anos, segundo o levantamento, o Brasil deve produzir uma safra de grãos estimada em 301,8 milhões de toneladas.

O número representa um acréscimo de 29,8% sobre a atual safra, estimada em 232,6 milhões de toneladas.
A taxa de aumento anual até o cumprimento da projeção é de 2,5% ao ano.A produção de grãos deve aumentar 14,9% entre as safras de 2017/2018 e 2027/2028.Neste período, Mato Grosso deve se manter na liderança de milho e soja. Ao todo, a produção no estado deve passar de quase 32 mil toneladas para pouco mais de 43 mil toneladas.

O percentual entre as duas safras é de 33,2%.Apesar do aumento, a projeção fica abaixo do crescimento ocorrido nos últimos 10 anos no Brasil, que foi de 106,5%.A expansão da cultura deve acontecer através do uso de terras disponíveis, ocupação de terras de pastagens e substituição de lavouras.Mesmo na liderança, Mato Grosso deverá perder força nesse processo de expansão de novas áreas.

Leia Também:  Sem chuva, MT acelera a colheita

O motivo, segundo a projeção do governo, é o preço das terras que são mais que o dobro nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, por exemplo.A produção de milho no estado também deve expandir. Entre as safras 2017/2018 e 2027/2028 o aumento deve ser de 45,5%. A produção no estado deve saltar de 26,7 mil toneladas para 38,8 mil toneladas.De acordo com Mapa, técnicos que trabalham com a cultura a área deve aumentar mais do que está sendo previsto e, talvez, se aproxime mais do seu limite superior de crescimento.

Projeção do Mapa Segundo o governo, o trabalho tem por objetivo indicar as direções do desenvolvimento do agronegócio e fornecer material para os formuladores de políticas públicas voltadas ao setor.“As tendências indicadas permitirão identificar trajetórias possíveis, bem como estruturar visõesde futuro do agronegócio no contexto mundial para que o país continue crescendo e conquistando novos mercados”, diz trecho da publicação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Indea suspende agrotóxico em MT

Publicados

em

Em cumprimento à determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Coordenadoria de Defesa Sanitária Vegetal do Indea de Mato grosso emitiu manifestação técnica orientando a suspensão imediata da comercialização, distribuição e importação de produtos agrotóxicos que contenham o ingrediente ativo carbendazim em sua composição, a partir de 22 de junho de 2022, no território mato-grossense.

A Anvisa determinou na terça-feira (21.06) a suspensão cautelar da importação, fabricação, comercialização e distribuição do ingrediente ativo carbendazim, e produtos técnicos que contenham esse ingrediente ativo em todo o território nacional, enquanto aguarda a conclusão da reavaliação toxicológica do carbendazim.

“A suspensão cautelar tem por objetivo evitar que os agrotóxicos à base do carbendazim continuem disponíveis no mercado até a conclusão da reclassificação toxicológica, bem como estudos quanto aos riscos que o produto pode representar à saúde humana”, afirma a coordenadora de Defesa Sanitária Vegetal, Silvana Amaral.

A medida cautelar não se aplica aos produtores rurais que já possuem esses produtos em sua posse. Porém, não devem ser efetuadas novas aquisições, pois a comercialização e distribuição estão suspensas.

Leia Também:  Sem chuva, MT acelera a colheita

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA