BARRA DO GARÇAS

Brasil

Bolsonaro precisa de ‘milagre’ para chegar ao 2º turno, porque não tem legado a apresentar, diz Aldo Fornazieri

A CartaCapital, o cientista político afirma ver o ex-capitão a caminho do ‘piso’, não do ‘teto’ das intenções de voto

Publicados

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro não tem “musculatura” suficiente para avançar ao 2º turno das eleições deste ano. Se, de alguma forma, chegar a essa etapa da disputa, já será “um ganho, um milagre, porque ele não tem legado a apresentar”. A análise é de Aldo Fornazieri, doutor em ciência política pela Universidade de São Paulo e colunista de CartaCapital.

Em entrevista ao canal de CartaCapital no YouTube, Fornazieri afirmou que na campanha eleitoral o ex-capitão não terá “realização, grandes obras ou grandes exemplos” a exaltar, apenas “a destruição do País”. PUBLICIDADE “O Bolsonaro tem um piso em torno de 12% a 15% [do eleitorado] e um teto em torno de 25%. Para mim, ele tende mais a caminhar para o piso do que se manter no teto.

O que o Bolsonaro tem para apresentar na campanha? Nada. Ele será destroçado”, disse o cientista político. “Ele pode ir para o 2º turno, mas terá muita dificuldade para isso”. Fornazieri avalia que nem o Auxílio Brasil de 400 reais tem potencial para reverter os danos à imagem do presidente. Isso porque “boa parte” do benefício “já foi comida pela inflação, então não é uma sensação de ganho”.

Leia Também:  Bolsonaro destrói a possibilidade de milhares de famílias terem um teto

A inflação brasileira fechou 2021 em 10,06%, a maior desde 2015 e a 3ª mais alta entre os países do G-20. Por tudo isso, prossegue o especialista, Bolsonaro se converte cada vez mais em “um peso eleitoral”. “Veja os caras do Centrão do Nordeste. Quando você percebe que o Bolsonaro lhe faz perder voto para deputado, senador ou governador, ele vai ter apoio no Nordeste? Claro que não.

Alguns vão permanecer neutros e outros vão apoiar Lula, que é forte no Nordeste”, projetou Fornazieri, que ainda mencionou “atritos” entre o presidente e representantes das Forças Armadas, como o recente embate com o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o contra-almirante Antonio Barra Torres.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Alunos de Medicina da UFRJ levantam toalha de Lula na formatura

Ex-presidente compartilhou foto dos estudantes em seu perfil do Twitter

Publicados

em

No último domingo, 31, uma turma de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) viralizou nas redes após uma foto de formatura diferenciada. Além das tradicionais fotos de beca com o Pão de Açúcar no fundo, os estudantes levaram uma toalha estampada com o rosto de Lula (PT) para compor o cenário. “Os próximos médicos da UFRJ estão com Lula”, escreveu um dos formandos em um post. A imagem chegou até o petista, que a compartilhou em seu perfil do Twitter. “Parabéns aos formandos. Desejo uma boa carreira melhorando nossa saúde pública. Um abraço”, disse o ex-presidente.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Torcidas rivais se unem em ato a favor da democracia na Paulista
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA