Cidades

Mesmo em tempo das Águas o trabalho em São Felix do Araguaia não para

A gestão municipal esta apenas aguardando diminuir as chuvas para inaugurar mais 6 obras em São Felix do Araguaia, sendo três na sede do município (praça, biblioteca e o prédio da secretaria de obras), e mais três em Espigão do Leste (ginásio de esportes, asfalto e meio fios).

Publicados

Cidades

Prefeita de São Felix do Araguaia, Janailza Taveira Leite

Enquanto as águas sobem o seu volume no majestoso rio Araguaia e seus adjacentes, às estradas de chão da região do Vale do Araguaia ficam praticamente intransitáveis nesse período chuvoso, desta feita aumentando os problemas gradativamente em todos os municípios.

Em São Felix do Araguaia a Prefeitura Municipal não mede esforços e forma ‘força tarefa’ para garantir a trafegabilidade e o escoamento de grãos e produtos produzidos na região.

Segundo a prefeita Janailza Taveira Leite, o objetivo da gestão é amenizar a situação caótica do trânsito de veículos nas rodovias, tanto nas estradas vicinais como as estaduais que cortam seu município ate que as chuvas diminuam para dar continuidade às obras e melhorias em toda sua malha viária.

Nas rodovias de responsabilidade do Estado, a prefeitura de São Felix do Araguaia e de outras regiões formam parcerias com o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico Social e Ambiental do Araguaia (CIDESAA) tem garantido a trafegabilidade das rodovias estaduais, como é o caso da MT-424 que faz divisa com o vizinho município de Alto Boa Vista.


Manutenção das estradas esta sendo feita dentro dos limites do volume de chuvas

Tanto na sede do município como nos distritos de Pontinopolis, Espigão do Leste e Vila São Sebastião (Chapadinha) , os serviços de limpeza seguem a todo vapor para que a cidade continue limpa e vigilante no enfrentamento a proliferação do mosquito aedes aegypti transmissor da dengue e da febre amarela urbana.

Leia Também:  Por causa de pontes, Nova Monte Verde decreta emergência

A preocupação da gestão municipal nesse período de chuvas é devido à rapidez da na proliferação do mosquito em águas paradas e terrenos baldios, período em que pode se transformar em um caos social para a saúde pública.

O aedes aegypti é um transmissor que sobrevive ate 30 dias, a fêmea chega a colocar em torno de 150 e 200 ovos individualmente, desta feita aumentando seu ciclo evolutivo bem como a transmitindo a doença.

A transmissão da dengue, bem como da febre amarela, depende da concentração do mosquito, quanto maior a quantidade de águas e lixos acumulados, maiores é a sua transmissão. Esta concentração está diretamente relacionada à temperatura e pela presença das chuvas: mais chuvas, mais mosquitos.


Limpeza de ruas praças e terrenos baldios seguem sem trégua

Mesmo em tempos chuvosos os investimentos em saúde e infraestrutura no Distrito de Espigão do Leste não para, após a construção de um moderno ginásio de esportes, reforma da subprefeitura, construção de asfaltos e meio fios naquela promissora região, a Prefeitura também acabou de concluir uma ampla reforma do PSF local.

A unidade do Programa de Saúde da Família (PSF) no distrito de Espigão do Leste funciona para a comunidade como uma espécie de Hospital ou Pronto Socorro municipal, pelo fato de possuir uma equipe médica completa com enfermeiros, técnicos em enfermagem, ambulância, atendimentos de emergência, estacionamento, sala de vacina, farmácia e enfermaria.

Leia Também:  Araguaiana, Cocalinho, Ribeirão Cascalheira e Novo Santo Antônio está entre os 10 municípios que concentram 42% do desmatamento em MT

Na reforma o prédio foi praticamente reconstruído e deu lugar a um novo telhado, piso e pintura, bem como a ampliação de toda sua estrutura com objetivo de atender cada vez melhor a população daquele promissor distrito.

As obras estão sendo realizadas com recursos próprios e irão garantir mais qualidade de vida para a sua população de forma mais humanizada.


Ampliação e reforma do Pronto Socorro em Espigão do Leste

Mesmo com o nível do rio Araguaia subindo e deixando a população e autoridades de São Félix do Araguaia sob alerta, as imagens da movimentação da natureza são uma beleza a parte de tirar o fôlego sobre o transbordar das muitas águas

Com as chuvas acima da média e rio Araguaia e seus adjacentes enchendo cada vez mais a região do Vale do Araguaia vive expectativa de dias melhores e um ano bastante próspero e de boas colheitas, inclusive com possibilidades de aumentar ainda mais o turismo na região devido à exuberância das suas praias e a pesca artesanal desenvolvida na região.
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Passagem de ônibus passa a custar R$ 6 em Barra do Garças (MT)

A empresa Garçastur solicitou reajuste. O valor atual é de R$ 4,75 no município.

Publicados

em

A Prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, autorizou o reajuste da tarifa do transporte público para R$ 6, a partir deste sábado (14). O valor atual é R$ 4,75.

A empresa Garçastur, que administra o transporte, pediu um reajuste para R$ 7, valor quase 50% maior que o atual praticado. No entanto, o município definiu o aumento para R$ 6.

Segundo a prefeitura, o reajuste visa abrandar os impactos econômicos e sociais em decorrência da suspensão desses serviços durante a pandemia da Covid-19.

A empresa apresentou balanço financeiro e afirmou que seria insustentável manter os serviços com o atual valor, tendo em vista a crise econômica que afeta todo o país, e os aumentos recentes no valor do combustível, especialmente no valor do diesel.

A nova tarifa de R$ 6 passa a valer a partir desta sábado (14), e os benefícios para transporte de idosos e estudantes não serão prejudicados, os quais foram garantidos por decisão judicial, após ingresso de ação por parte da administração pública.

A nova tarifa de R$ 6 passa a valer a partir desta sábado (14), e os benefícios para transporte de idosos e estudantes não serão prejudicados, os quais foram garantidos por decisão judicial, após ingresso de ação por parte da administração pública.

Leia Também:  Por causa de pontes, Nova Monte Verde decreta emergência

O município também deu início aos trâmites legais para abertura de nova licitação, para que uma nova empresa possa iniciar os serviços de transporte público em breve, tendo em vista que não há exclusividade da atual concessionária.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA