Cidades

Secretaria de Transportes retoma operação tapa-buracos em Barra do Garças

Os serviços da operação estão previstos para serem executados por toda a malha asfáltica da cidade.

Publicados

Cidades

A Prefeitura de Barra do Garças, por meio da Secretaria de Transportes e Serviços Públicos, retomou mais uma etapa da Operação Tapa Buracos pelas vias urbanas da cidade.

A partir de um cronograma previamente organizado, a Secretaria tem realizado continuamente diversas ações de infraestrutura por todo o município de Barra do Garças e os serviços da operação Tapa Buracos estão sendo retomados, a fim de atender às demandas dos moradores e garantir melhor bem-estar e segurança a toda população.

Mais recentemente, cerca de 90% da ação foi concluída no bairro Vila Maria, além disso a Secretaria estendeu a operação para resolver alguns pontos mais críticos em decorrência das chuvas, em outros bairros.

Segundo o secretário de Transportes e Serviços Públicos, Marcus Coelho, na próxima semana a Operação Tapa Buracos será retomada no bairro Vila Maria e, posteriormente, iniciada nos bairros São José e Jardim Nova Barra, seguindo para outros setores da cidade.

Também foram realizados serviços no bairro Anchieta, na Rua Campo Grande, no bairro Santo Antônio, e também na rua Vitória Régia, localizada atrás do Pronto Socorro, locais que necessitavam com urgência dessa ação.

Leia Também:  Um terço dos municípios deve fechar o ano com contas no vermelho

O coordenador da Operação Tapa Buracos, Severiano de Sousa Neto, comentou que em algumas regiões a equipe tem encontrado certas dificuldades para atender às solicitações dos moradores, como no Bairro Jardim Nova Barra, mais especificamente nas proximidades da Avenida Amazonas, devido às obras que estão sendo realizadas no local, mas que os serviços vão ser executadas normalmente nas demais localidades do bairro.

Relembramos que, no mês de julho, a Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Públicos também realizou ações de tapa buracos em locais como a Estrada Radial José Maurício Sampaio, no trecho entre o Café Viola e a BR-158.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Estado construirá mais de 20 mil casas para carentes em MT

Publicados

em

Idealizado pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, o programa SER Família Habitação foi aprovado em segunda votação pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) na última semana. O Projeto de Lei 962/2021, que prevê a implementação do programa, deve ser sancionado pelo governador Mauro Mendes nos próximos dias.

“Fiquei muito feliz com a aprovação! Agradeço aos deputados que contribuíram para que saísse o Projeto de Lei. Através do SER Família Habitação, muitas famílias vulneráveis de MT terão direito à moradia. Infelizmente ainda temos muitas famílias mato-grossenses que não têm um lar, e a intenção desse programa é dar qualidade de vida para a população mais carente de Mato Grosso”, afirmou Virginia Mendes.

“Precisamos atender a população que sonha com a casa própria, que sonha em ter condições para cuidar da sua família. O Governo terá o apoio da Assembleia Legislativa para concretizar o sonho dessas famílias e dar tranquilidade a muitos mato-grossenses”, completou o presidente da ALMT, deputado Max Russi.

O “Ser Família Habitação” será executado pela MT Participações e Projetos (MT PAR), juntamente com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A MT PAR também poderá desenvolver novos programas, ações e modalidades de sistemas construtivos, podendo atender ainda demandas rurais diretamente ou por meio de parcerias com o setor privado.

Leia Também:  Prefeitura de São Félix do Araguaia-MT entrega 03 Resfriadores de Leite para os pequenos Produtores

Conforme o Projeto de Lei, a gestão estadual está autorizada a implementar ações para alocar recursos que serão utilizados na construção de 20 mil unidades habitacionais em Mato Grosso. Ainda de acordo com o PL, os subsídios previstos serão estabelecidos por meio de decreto estadual, com base na renda familiar bruta, podendo ser priorizadas pessoas com deficiência, idosos, mulheres vítimas de violência, além e servidores ativos e aposentados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA