Cidades

Taques vira a Barra do Garças assinar ordem de serviço para asfaltar trecho do anel viário

Publicados

Cidades

O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, anunciou nesta terça (20), a pavimentação do trecho de 3 km ligando o trevo das BR-070 e 158, à futura ponte do rio Garças, no traçado do contorno viário de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças (GO). A ordem de serviço será assinada na próxima segunda (26), durante visita do governador Pedro Taques à cidade.

Acompanhado pelo deputado estadual Baiano Filho e lideranças do grupo de apoio ao governador, Marcelo Duarte visitou o local da obra no final da tarde de segunda (19) e nesta terça, em entrevista à imprensa, anunciou os primeiros quilômetros de asfalto do contorno. "Os recursos já estão depositados em caixa e o governador Pedro Taques virá a Barra do Garças para assinar a ordem de serviço”.

O secretário informou que a obra está sendo executada em parceria com o Governo do Estado e governo federal para desafogar o tráfego de carretas do centro de Barra do Garças e parte de Pontal e Aragarças, no vizinho estado de Goiás. “É uma obra de extrema importância e agora com a pavimentação dos primeiros 3 km com pista dupla já irá urbanizar os bairros que serão cortados, chegando até a ponte do Garças que está em construção”, ressaltou.

Leia Também:  Pedro Taques garante asfalto para General Carneiro

Marcelo Duarte destacou que o governador Pedro Taques já cobrou do governador de Goiás, Marconi Perillo, intercessão para que o trajeto do contorno naquele estado receba tratamento especial para que a obra seja acelerada. Por enquanto, apenas as fundações da ponte do Araguaia foram executadas em território goiano e o traçado existe apenas no imaginário, sem projeto concluído.

Orçado em R$ 77 milhões, o projeto do contorno viário já recebeu investimentos de R$ 27 milhões na construção das fundações das pontes dos rios Garças e Araguaia, e deverá receber ainda neste ano, mais R$ 30 milhões. O anúncio foi feito pelo senador Wellington Fagundes (PR), durante ato político realizado no final de semana em Barra do Garças.

O senador lembrou da luta pela construção do contorno viário e que, embora o país atravesse uma crise econômica, o governo federal está retomando obras essenciais, como é o caso de Barra do Garças, onde existe uma preocupação com o intenso tráfego de carretas passando pelo centro comercial da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Passagem de ônibus passa a custar R$ 6 em Barra do Garças (MT)

A empresa Garçastur solicitou reajuste. O valor atual é de R$ 4,75 no município.

Publicados

em

A Prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, autorizou o reajuste da tarifa do transporte público para R$ 6, a partir deste sábado (14). O valor atual é R$ 4,75.

A empresa Garçastur, que administra o transporte, pediu um reajuste para R$ 7, valor quase 50% maior que o atual praticado. No entanto, o município definiu o aumento para R$ 6.

Segundo a prefeitura, o reajuste visa abrandar os impactos econômicos e sociais em decorrência da suspensão desses serviços durante a pandemia da Covid-19.

A empresa apresentou balanço financeiro e afirmou que seria insustentável manter os serviços com o atual valor, tendo em vista a crise econômica que afeta todo o país, e os aumentos recentes no valor do combustível, especialmente no valor do diesel.

A nova tarifa de R$ 6 passa a valer a partir desta sábado (14), e os benefícios para transporte de idosos e estudantes não serão prejudicados, os quais foram garantidos por decisão judicial, após ingresso de ação por parte da administração pública.

A nova tarifa de R$ 6 passa a valer a partir desta sábado (14), e os benefícios para transporte de idosos e estudantes não serão prejudicados, os quais foram garantidos por decisão judicial, após ingresso de ação por parte da administração pública.

Leia Também:  Prefeita de São Félix do Araguaia visita Cuiabá para conseguir recursos para a cidade

O município também deu início aos trâmites legais para abertura de nova licitação, para que uma nova empresa possa iniciar os serviços de transporte público em breve, tendo em vista que não há exclusividade da atual concessionária.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA