Economia

Estado paga salários com RGA nesta sexta; impacto é de R$ 249 milhões

Calendário anunciado no início do ano está sendo cumprido

Publicados

Economia

Os salários dos servidores públicos estaduais efetivos ativos e inativos, assim como os proventos dos aposentados e pensionistas estarão depositados na respectivas contas nesta sexta-feira (28.05). Os salários estarão acrescidos de 2%, relativos ao pagamento da RGA de 2018, conforme anúncio feito pelo governador Mauro Mendes no início deste mês. O pagamento da RGA implica num acréscimo de R$ 249 milhões por ano à folha de pagamento do Estado.

De acordo com a Secretaria Adjunta do Tesouro do Estado, da Secretaria de Fazenda, a folha líquida do mês de maio, já incluindo a RGA para servidores ativos, inativos e pensionistas soma R$ 505.218.427,31.

O pagamento dos servidores ativos das administrações diretas e indireta, chega a R$ 326.564.798,38 e R$ 178.653.628,93 para aposentados e pensionistas. Receberão salários e proventos cerca de 115 mil pessoas entre servidores ativos, inativos e pensionistas.

As ordens de pagamento foram encaminhadas ao Banco do Brasil nesta quinta-feira (27). Até meio dia de sexta-feira, os salários estarão nas contas dos servidores, independente do banco escolhido por eles para receber.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Franceses buscam estreitar relações com Mato Grosso
Propaganda

Economia

Entrevista de Lula derruba dólar e provoca onda de otimismo nos mercados

Declarações de Lula à mídia independente sobre reconstrução nacional e Alckmin acalmam mercado

Publicados

em

Em meio à recepção da entrevista do ex-presidente Lula à mídia independente, em que ele falou sobre a reconstrução nacional que será conduzida se eleito, o dólar opera em forte queda ante o real, em uma valorização da moeda nacional, nesta quarta-feira (19). Lula também falou sobre sua possível aliança com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido). “Não há problemas” em tê-lo como vice, disse Lula.

Por volta de 16h30, a divisa americana tinha baixa de 1,69%, negociada a R$ 5,4659, após operar no patamar de R$ 5,52 por volta de 11h15.

Existe ainda a percepção de um ambiente mais positivo para ativos de risco no exterior, com os recentes anúncios do banco central americano (Fed) sobre o aumento da taxa de juros nos EUA. A tendência é o dólar se valorizar

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pagamento dos servidores estaduais será feito em duas parcelas
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA