a

Economia

MAIS AUMENTO- Aneel reajusta em até 64% valor da cobrança extra na conta de luz para o período 2022-2023

Maior alta será na bandeira vermelha patamar 1 (63,7%). Amarela vai subir 59,5%, e vermelha patamar 2, 3,2%. Bandeira verde seguirá sem cobrança.

Publicados

Economia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) o reajuste nos valores das bandeiras tarifárias (cobrança extra aplicada às contas de luz quando aumenta o custo de produção de energia no país).

Pela proposta aprovada pela agência, a maior alta será no valor da bandeira vermelha patamar 1 (alta de 63,7%). A bandeira amarela vai subir 59,5%, e a vermelha patamar 2 aumentará 3,2%. A bandeira verde seguirá sem cobrança.

Os novos valores entram em vigor em 1º de julho e serão válidos até meados de 2023. São os seguintes:

  • Bandeira verde: continua sem cobrança adicional;
  • Bandeira amarela: de R$ 1,874 para R$ 2,989 a cada 100 kWh consumidos (+ 59,5%);
  • Bandeira vermelha patamar 1: de R$ 3,971 para R$ 6,500 a cada 100 kWh consumidos (+ 63,7%);
  • Bandeira vermelha patamar 2: de R$ 9,492 para R$ 9,795 a cada 100 kWh consumidos (+3,2%).

 

Novos valores das bandeiras tarifárias, em vigor entre 1º de julho e meados de 2023 — Foto: Editoria de Arte / g1

Novos valores das bandeiras tarifárias, em vigor entre 1º de julho e meados de 2023 — Foto: Editoria de Arte / g1

Leia Também:  Caminhoneiro com mãos amarradas pula de carreta em movimento para fugir de assaltantes
A Aneel informou que a tendência é que a conta de luz dos consumidores fique com a bandeira verde até o fim do ano, devido à recuperação dos reservatórios das hidrelétricas.
Porém, a cobrança pode voltar a partir de 2023, a depender do custo para produção de energia. A Aneel divulga mensalmente qual a bandeira tarifária em vigor.
Sugestões de mudança
Durante consulta pública sobre o tema, parte dos agentes do setor sugeriu criar um novo patamar de bandeira.
Porém, a área técnica da Aneel não acatou a sugestão, por entender que o caso precisa ser analisado “com parcimônia”.
Parte dos agentes também defendeu uma revisão da metodologia de cálculo das bandeiras tarifárias, de modo a refletir melhor os custos do setor.
A sugestão não foi acatada para o ciclo 2022-2023, mas os diretores reconheceram que melhorias no cálculo podem ser feitas em futuros ciclos.
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Prefeito de General Carneiro volta a antecipar o pagamento do funcionalismo público

“Já está na conta o pagamento referente ao mês de junho”, anunciou.

Publicados

em

O prefeito de General Carneiro, Marcelo Aquino, anunciou nesta quinta-feira (23), o pagamento dos servidores públicos do município. “Já está na conta o pagamento referente ao mês de junho”, afirmou.

O município realiza a quitação da folha salarial dentro do mês trabalhado e mantém o calendário de antecipação. “Na nossa gestão o servidor está em primeiro lugar, pois são eles que estão na linha de frente no atendimento à população”, disse Aquino.

O prefeito destacou a busca pela melhoria da qualidade de vida da população. “Nossa equipe não tem medido esforços para buscar recursos que proporcionem atendimento adequado às demandas dos moradores do município em todas as áreas, e termos trabalhadores reconhecidos e valorizados é muito importante no atendimento diário à população”, destacou.

De acordo com a administração, o adiantamento salarial também representa aquecimento na econômica local.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lista de inadimplentes aumenta em mais de um milhão em um ano
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA