Entretenimento

Garoto de 11 anos se gradua em Física e quer usar mecânica para se tornar imortal

Publicados

Entretenimento

Laurent Simons, de 11 anos, se tornou o segundo estudante mais jovem do mundo a se formar em uma universidade. O belga nascido na cidade de Ostend concluiu a graduação em física na Universidade de Antuérpia em apenas um ano – o curso é de três anos.

De acordo com o jornal holandês De Telegraaf, ele abandonou a Universidade de Eindhoven, na Holanda, em 2019, quando tinha 9 anos. Tudo porque as autoridades locais não deixaram ele pegar o diploma antes de completar 10 anos.

“Se uma criança joga bem futebol, nós supomos que a atenção da mídia é grande. Meu filho tem um talento diferente. Por que ele não deveria se orgulhar disso?”, afirmou Alexander Simons, pai do garoto, ao jornal holandês De Volkskrant. Na época ele acusou a faculdade de criticá-lo pela atenção que Laurent estava gerando na mídia.

O jovem nunca se preocupou com as polêmicas e só quer saber do seu sonho: transformar o ser humano em imortal: “Imortalidade, esse é o meu objetivo. Quero eventualmente ser capaz de substituir o maior número possível de partes do corpo por órgãos falsificados. Eu tracei um caminho para chegar lá. Você pode ver isso como um grande quebra-cabeça. Física quântica – o estudo das menores partículas – é a primeira peça do quebra-cabeça”.

Leia Também:  Gastando pouco, casal de MT cai na estrada e bomba no YouTube

 

“Duas coisas são importantes neste estudo: adquirir conhecimento e aplicar esse conhecimento. Para alcançar o segundo, quero trabalhar com os melhores professores do mundo, olhar dentro de seus cérebros e descobrir como eles pensam”, completou o segundo estudante mais jovem do mundo a se formar em uma universidade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Entretenimento

Restaurante Solar das Aguas em São Felix do Araguaia é destaque entre os melhores de Mato Grosso

Entre os pratos mais apreciados e famosos da casa esta a moqueca de pintado e a ventrecha de caranha frita, mas o destaque maior fica para o mais top de Mato Grosso, o Pirarucu grelhado estilo a parmegiana com arroz salada leve e legumes.

Publicados

em

A cidade de São Felix do Araguaia além de se destacar no cenário nacional como sendo um dos melhores lugares de Mato Grosso para diversão, lazer e uma boa pescaria, é destaque também em qualidade de vida somada ao imenso potencial turístico cultural e de biodiversidade que o Araguaia oferece. As belezas encantadoras de São Felix do Araguaia são divididas com o vizinho Estado do Tocantins.

Pelo lado matogrossense sentado na Praça do Cais da cidade o turista ainda tem o privilégio ímpar de tomar uma cerveja bem gelada a escolher a marca, e apreciar as belezas naturais da Ilha do Bananal (a maior ilha fluvial do mundo) assistindo um dos mais belos nascer e pôr-do-sol da América latina que ocorre todos os dias aoromper da aurora e final de tarde.

São Felix do Araguaia também é destaque pela sua boa gestão e pela excelente infraestrutura para receber bem o turista, a cidade possui aeroporto para pousos e decolagens de aeronaves de grande porte, linha aérea regular e ótimas acomodações hoteleiras de dar inveja nos grandes centros turísticos do nordeste, e dos mares do sul.

Em São Felix do Araguaia tanto a hospedagem como passeios de barcos, receptividade de caravanas de pescadores e pratos típicos são acessíveis ao bolso de qualquer trabalhador.

Um dos pioneiros do ramo de restaurante é o empreendedor Manoel Messias Vieira da Silva (49 anos), o popular Messias, um Paraibano visionario que chegou na cidade em  agosto de 1987 e se encantou com as belezas da região e sua gente.

É no restaurante Solar das Águas, de propriedade do Messias que o turista pode saborear tranquilamente um dos melhores pratos da região, o Pirarucu grelhado estilo a parmegiana, com azeite, arroz branco e legumes preparado no leite de coco e óleo de dendê, caso o cliente seja um pouco mais exigente.

Leia Também:  Gêmeas de Mato Grosso assinam com gravadora nacional e já gravam DVD de sertanejo em Goiânia

O segredo da culinária do casal Messias e sua esposa Gersilene que a 3 décadas chama atenção devido seu sabor e beleza, é comemorado junto com sua equipe de funcionários que não medem esforços para deixar o cliente satisfeito, embora seu segredo culinário não esteja escondido a sete chaves, poucos conseguem uma réplica com o mesmo sabor.

Embora o empreendimento tenha crescido bastante e ganhado fama em todo o país, Messias e sua esposa são os mesmos de sempre, eles continuam trabalhando firmes para atender bem seus clientes sempre alegres e descontraída, com tempo para contar causos e dar a costumeira atenção para toda sua clientela e amigos que frequentam seu espaço.

Durante o almoço é comum ver o casal sentado ao lado dos seus clientes fazendo companhia e contando belas histórias do velho e amado Araguaia de versos e prosas, dos encantos da Ilha do Bananal, da cultura local e da lista de celebridades que frequentam seu estabelecimento.

Quando os clientes são velhos conhecidos do Solar das Águas ou são indicados por outros clientes e que às vezes chegam de barcos ou lanchas através do rio Araguaia, Messias apenas atravessa a rua a uma distância de aproximadamente  15 metros do rio para desejarboas vindas.

A HISTÓRIA DE UM EMPREENDEDOR

De 2006 a 2013, o tradicional Restaurante do Messias (hoje Solar das Águas Restaurante e Hotel) funcionou sobre as águas do rio Araguaia em uma embarcação de comércio flutuante, mas uma enchente acabou afundando a embarcação.

De 2013 a 2019 o restaurante funcionou no antigo Cantinho da Peixada ate ser concluída e inaugurada sua moderna sede própria em alvenaria a poucos metros do rio, o local é aconchegante e refrigerado e oferece mais comodidade aos amantes de um bom peixe.

Leia Também:  Motorista de Hilux chama PMs de "macacos" em Ribeirão Cascalheira e acaba preso

No Solar das Águas o cliente pode optar tanto por pratos A La Carte como pelo sistema Self Service acompanhado de churrasco e peixe, mas entre os favoritos e mais apreciados está a moqueca de pintado, a ventrecha de caranha frita e o Pirarucu grelhado à parmegiana com arroz branco e legumes.

O emprendedor Messias do Solar das Águas e o jornalista Netao do Araguaia

No entender do jornalista e crítico da culinária matogrossense, o jornalista Antônio Borges Neto, o Netão do Araguaia, do Site Notícia dos Municípios e assíduo frequentador do Solar das Águas, o prato mais saboroso e disputado na categoria top de Mato Grosso é o tradicional Pirarucu grelhado, preparado  a parmegiana ladeado de arroz branco salada e legumes.

O restaurante Solar das Águas não é frequentado apenas por celebridades nacionalmente e mundialmente conhecidas, mas também por pessoas simples da cidade e ribeirinhos nativos, como é o caso de indígenas religiosos, políticos de todas as correntes, viajantes que passam pela cidade, servidores públicos e políticos, o sabor da sua culinária consegue reunir pessoas de todas as camadas sociais devido a delícia servida à mesa.

O DESAFIO DE UM NOVO TEMPO

Expandindo seus negócios para o ramo de pousadas, anexo ao Solar das Águas também foi inaugurada uma pousada com o mesmo nome, dotada de boa infraestrutura com apartamentos limpos e aconchegantes para receber bem o turista.

Em parceria com o empresário Carlos Camelo, do grupo Bora Pescar  que trabalha com grupos de amantes da pesca amadora e que possui pousadas em Novo Santo Antônio, a margem do rio das Mortes e em Luciara a margem do rio Araguaia, Messias adquiriu mais uma chácara em São Felix do Araguaia, a margem do Araguaia, a área de lazer foi transformada em mais uma pousada e passou a ser uma das preferidas dos turistas.

São Félix do Araguaia, um refúgio de paz a todo tempo e gosto

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA