Especiais

Após vencer covid-19 duas vezes, mãe de Dante Oliveira celebra 100 anos

Publicados

Especiais

Completando 100 anos neste sábado (1), Maria Benedita Martins de Oliveira viveu para presenciar as diversas mudanças da sociedade cuiabana, além de ver um filho se tornar governador de Mato Grosso. Mãe de Dante de Oliveira, “Dona Maria” sobreviveu ainda a duas infecções de covid-19.

Segundo escreveu a historiadora Neila Barreto, Maria Benedita nasceu no dia 1º de maio de 1921, em Poconé. A matriarca casou-se com Sebastião de Oliveira, com quem teve 7 filhos – Bernardo Antônio de Oliveira Neto; Yolanda de Oliveira Ribeiro; Armando Martins de Oliveira; Lúcia de Oliveira Taveira; Dante Martins de Oliveira; Inês Martins de Oliveira Alves; Eneida de Oliveira Pires.

Seu centenário foi celebrado no Dia do Trabalhador, na igreja Nossa Senhora Auxiliadora, no centro de Cuiabá.

Família
Familiares de “Dona Maria”, como é carinhosamente chamada, prestaram diversas homenagens à matriarca. “Estou muito emocionado. Em nome de todos, agradeço a senhora por todo amor, pela oportunidade em fazer parte desta família”, disse o filho da aniversariante, Armando de Oliveira, durante missa de celebração.

Leia Também:  Ministério destina R$ 284 mi para levar energia a 18 mil famílias

“Somos tão gratos por ter A MULHER centenária, lúcida, acolhedora, forte, que faz questão de ser abrigo para os seus (de laços sanguíneos e agregados sem qualquer distinção) em nossas vidas”, escreveu a procuradora Gabriela Novis Pereira.

Maria de Oliveira é mãe do ex-governador Dante de Oliveira, que governou Mato Grosso entre 1995 e 2002.

O político ficou conhecido pela autoria da emenda constitucional que restabelecia as eleições diretas para presidente da república, no movimento que resultou na campanha das Diretas Já.

Ele também foi prefeito de Cuiabá três vezes, deputado federal por Mato Grosso, deputado estadual e ministro da Reforma e do Desenvolvimento Agrário.

Covid-19
Maria foi infectada pela covid-19 pela primeira vez em agosto de 2020. Na época, ela foi acompanhada durante 20 dias por um médico na casa dela.

Da última vez, também ficou em de quarentena em casa e foi liberada do isolamento total no dia 10 de abril.

De acordo com o neto dela, o ex-vereador Leonardo de Oliveira, Maria já recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19. Ela foi infectada pela doença 15 dias após receber a segunda dose do imunizante.

Leia Também:  Casal pede demissão de emprego e passa dois anos viajando por 106 países; veja fotos

Homenagens
Diversos políticos mato-grossenses também prestaram suas respectivas homenagens e respeito à Dona Maria.

“Eu não poderia deixar de prestar minha homenagem nesse momento de muita alegria que é a comemoração do centenário de dona Maria Benedita Martins de Oliveira, mãe do nosso amado ex-governador, Dante de Oliveira. Dona Maria é um exemplo de mulher devota, de caráter a ser seguido pelas gerações futuras. Que ela possa comemorar junto com seus familiares mais anos de vida com saúde e muito amor”, desejou o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

“Hoje a simpática e forte dona Maria Benedita Martins de Oliveira completa 100 anos de idade.
Mãe do ex-governador Dante de Oliveira, tive a honra de homenageá-la, em 2018, com a entrega de uma medalha da Comenda que leva o nome do seu filho já falecido, grande ex-governador de Mato Grosso e líder das Diretas Já”, escreveu o deputado Wilson Santos (PSDB).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Especiais

Rota das Águas mapeia 230 atrativos naturais de Mato Grosso

Publicados

em

Por

Mato Grosso é rico em biodiversidade. É um estado privilegiado por ter em seu território os biomas: Cerrado, Pantanal e Amazônia. As belezas naturais são incontáveis. Tem opção para quem busca por turismo de aventura, de contemplação, rural, gastronômico, etnoturismo, ecoturismo e muito mais.

Nesse sentido, o projeto Rota das Águas, montou um circuito turístico com mais de 2 mil quilômetros, que promove os atrativos naturais de Chapada dos Guimarães, Nobres, Poconé, Rondonópolis, Jaciara, Juscimeira, Poxoréu, Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade, Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Barra do Garças e Nova Xavantina.

O projeto foi contemplado pelo Edital Mato Grosso Criativo, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), e traz ainda atrativos localizados na Serra de São Vicente e no Distrito de Mimoso.

O site rotadasaguasmt.com.br, lançado em abril deste ano, reúne informações que facilitam a vida de quem deseja conhecer Mato Grosso, como cachoeiras, hotéis, restaurantes, agências e condutores de turismo, com localização, horário de funcionamento, custo e contato para agendamento da visitação em 230 atrativos.

Idealizado por Tiemi Otomura e André Torres, o projeto se concretizou a partir de um amplo levantamento dos atrativos naturais, com informações provenientes das Secretarias Municipais de Turismo, empreendimentos locais e usuários das redes sociais.

Leia Também:  Como povo indígena de Mato Grosso se viu no novo epicentro da pandemia de covid-19 no Brasil

De acordo com André Torres, a maior dificuldade de quem viaja é encontrar informações precisas para realizar um planejamento sobre o destino. “A Rota das Águas é a organização das informações em um percurso guiado pelas águas dos rios. No site do projeto Rota das Águas você encontra um grande mapa digital com a localização de 230 atrativos naturais”, destaca Torres.

Confira o mapa aqui.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA