Esportes

Ana Marcela Cunha é campeã olímpica na maratona aquática em Tóquio

Baiana de 29 anos, dona de 11 medalhas em Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos, leva o ouro inédito na capital japonesa

Publicados

Esportes

A espera acabou. Depois de quatro ciclos olímpicos, Ana Marcela Cunha, de 29 anos, colocou em sua gigantesca galeria de conquistas uma medalha no maio evento esportivo do planeta. A baiana levou um ouro histórico na manhã desta quarta-feira em Tóquio (noite de terça no Brasil) nos 10km no Odaiba Marine Park com o tempo de 1h59min30s08.

Finalmente! Por mais nova que eu fui em 2008, esse é meu quarto ciclo olímpico. Vindo de uma frustração muito grande com uma não classificação, uma frustração no Rio. Acreditem nos seus sonhos.

– Quero agradecer ao meu clube, meus pais, minha namorada… Sonhava muito com uma medalha olímpica, mas representa muito ser campeã. Todos os brasileiros medalhistas me incentivaram muito, principalmente o Scheffer e o Bruno. É uma raia, uma chance, como eles dizem – disse a campeã olímpica assim que saiu da água.

Ana Marcela liderou a prova praticamente de ponta a ponta. Manteve-se no pelotão da frente, marcou as concorrentes e disparou para vencer com um corpo de vantagem. Dentro da água, a brasileira já sentia que dessa vez ninguém tiraria dela o lugar mais alto do pódio.

Leia Também:  Veja o resultado do concurso 2.148 da Mega-Sena

– Falei com o Fernando [Possenti, treinador] que para ganhar de mim iam ter que nadar muito. Eu sabia o quanto eu estava preparada, melhor do que Kazan [em 2015], que foi um Mundial em que deitei e rolei.

– Fiz a minha prova e aprendi a ser feliz. Fui feliz fazendo o que eu amo e foi tudo bem.

 

A holandesa Sharon van Rouwendaal, ouro na Rio 2016, levou a medalha de prata. O bronze terminou nas mãos da australiana Kareena Lee.

Foi a segunda medalha do país em provas de maratona aquática nas Olimpíadas desde que o evento foi incluído em Pequim 2008. Em 2016, Poliana Okimoto havia levado o bronze no Rio de Janeiro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Cuiabá sofre goleada do Santos e cai na tabela do Brasileirão

Dourado caiu para a 11ª colocação, com 7 pontos

Publicados

em

O Cuiabá sofreu sua grande primeira derrota na atual edição do Brasileirão. Jogando na Vila Belmiro, o Dourado foi goleado por 4 a 1 pelo Santos na noite deste domingo (8) em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Dourado caiu para a 11ª colocação, com 7 pontos.

O jogo começou a mil por hora na Vila. O Santos abriu o placar logo aos 2 minutos com Léo Baptistão. Dentro da área, o atacante recebeu passe de peito, dominou com a perna direita e girou chutando para o gol. Alesson empatou aos 10, de cabeça, após cruzamento de Uendel.

Mesmo com o empate no placar, o Santos continuou a pressionar o Dourado. Aos 36, Marcos Leonardo contou com assistência de Léo Baptistão para colocar o Santos novamente a frente do placar.

O Cuiabá voltou para o segundo tempo pressionando o Santos. Aos 9, Rivas, volante, chutou de fora da área para boa defesa de João Paulo. O auriverde continuou ocupando o campo de ataque do Santos e construindo lances de perigo de gol, mas pecando nas finalizações.

Leia Também:  Estado construirá mais de 20 mil casas para carentes em MT

Porém quem marcou o gol foi o Santos. Aos 30, após escanteio, Bryan Angulo só empurrou para o fundo das redes e praticamente matou o jogo. Dois minutos depois o atacante Rwan sacramentou a goleada do Peixe. Angulo deixou ele cara a cara com Walter, que mandou de cavadinha por cima do goleiro do Cuiabá.

O Cuiabá volta a campo na próxima quarta-feira (11) para enfrentar o Atlético-GO no segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil. A bola rola a partir das 21h (de MT) na Arena Pantanal. As equipes empataram em 1 a 1 no primeiro confronto.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA