Esportes

Paratletas lutam para transformar Barra do Garças num centro de referência de adaptação e readaptação com o jiu-jitsu

A delegação barra-garcense estará, dias 5 e 6 de junho, em Brusque-SC e conta com apoio de empresas, prefeitura e a venda de camisetas para custear a viagem

Publicados

Esportes

As pessoas com deficiência de Barra do Garças, no Mato Grosso, praticantes de Jiu-Jitsu e membros da Associação Mato-grossense de Jiu-Jitsu Paradesportivo (AMTJJP) se preparam para ir até Florianópolis-SC apresentar o esporte mais inclusivo de todos, e mostrar como essa metodologia de ensino do Jiu-Jitsu Adaptado está sendo padronizado em Barra do Garças.

A intenção de sua padronização é a disseminação para o Brasil e o mundo, através de estudos e pesquisas realizadas em Barra do Garças. Participam desse projeto pessoas cegas, surdas, amputadas, lesados medulares (cadeirantes), com má formação congênita, paralisia cerebral, síndrome de down, sequelados de poliomielite, entre outros.

A intenção é apresentar esse trabalho em um dos maiores eventos de competição de Jiu-Jitsu do Brasil, realizado pela AJP Brasil no município de Brusque- SC. Os paratletas tem como meta, além da competição, apresentar essa metodologia barra-garcense no Quartel General da Gracie Barra, que é a maior rede de escolas do mundo no ensino do Jiu-Jitsu, cujo lema é “Jiu-Jitsu para todos”, e por esse motivo, uma das bandeiras defendidas pela AMTJJP é de que as pessoas com deficiência também devem ser acolhidas nesse projeto.

Leia Também:  Santos joga mal, perde da Chape e dá adeus ao título do Brasileirão

Será apresentado ao mestre Carlos Gracie Jr o que se desenvolve em terras barra-garcenses e como cidades do Brasil e do mundo também podem disponibilizar a sua comunidade esse serviço que consideramos de utilidade pública, afinal, em média 20% de toda comunidade é composta por pessoas com deficiência seja física, sensorial ou cognitiva, e o Parajiu-Jitsu agrega todas essas classificações de deficiência.

Para que tudo isso aconteça, os paratletas de Barra do Garças estão se movimentando para levantar recursos, o meio utilizado está sendo a venda de camisetas, o lucro está sendo investido para possibilitar o projeto. As camisetas custearão compra de kimonos, inscrição na competição, passagens de ônibus até o local de embarque, passagens aéreas, hospedagem e alimentação durante a viagem.

Várias empresas privadas da área da saúde, advocacia, do ramo imobiliário e lojistas estão apoiando esse projeto. Pessoas públicas também estão somando forças nessa luta, um grande apoiador de destaque é o Vereador Carpegiane que tem mantido contato direto com a AMTJJP, e foi de grande importância na participação no último campeonato disputado em Brasília, onde a AMTJJP foi destaque durante o evento.

Leia Também:  Prefeita Janailza participa de reunião com Governador Mauro Mendes e acredita que Hospital Regional do Araguaia será construído em breve

O prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves, também está empenhado nesse projeto, onde através do secretário de esportes Salamoni está verificando vários caminhos para possibilitar a viagem que dará destaque de Barra do Garças reforçando-a como referência nacional na área, assim como, através também da Secretaria de Esportes, amadurecer e prestar todo o suporte no treinamento de pessoas com deficiência para a melhoria da saúde físicos e mental.

A AMTJJP busca empresas para ser membros nesse projeto que visa salvar pessoas não só da cidade, mas de pessoas do mundo inteiro que irão escolher Barra do Garças para adaptação e readaptação de seus desafios.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

No 1º jogo em Cuiabá, Colômbia vence Equador e divide liderança com Brasil

Arena Pantanal receberá outros 4 jogos pela Copa América

Publicados

em

No primeiro jogo em Cuiabá na Copa América, a seleção da Colômbia venceu o Equador pelo placar de 1 a 0. A partida inaugura uma série de cinco duelos que a Arena Pantanal receberá até o próximo dia 28 de junho.

No dia 18, jogam Chile x Bolívia, às 17h00. Uruguai x Chile se enfrentam em 21 de junho e, Bolívia x Uruguai, no dia 24. No dia 28 é o jogo mais esperado. A Argentina, de Lionel Messi, enfrenta a Bolívia.

JOGO

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio. Os dois times adotaram a estratégia da marcação alta e dificultaram as saídas dos adversários. Foi uma etapa mais brigada do que jogada – daí a escassez de lances de perigo. No único, bem construído, a Colômbia abriu o placar. Cardona bateu falta ensaida e chegou para concluir dentro da área, servido de cabeça por Borja. Um belíssimo gol que deu a vantagem aos colombianos a cinco minutos do intervalo.

Após a volta dos vestiários, o Equador foi superior à Colômbia. Mais agressivo, mais intenso, sustentou a marcação pressão até o fim e conseguiu empurrar os cafeteros para seu campo de defesa. É verdade que teve dificuldade para penetrar na área e ter uma chance limpa de gols, mas, com grande volume de jogo, o time de Gustavo Alfato chegou a assustar Ospina em alguns momentos. Faltou pontaria para chegar ao empate e mais tranquilidade no tal “último passe”.

Leia Também:  Operário de Várzea Grande confirma contratação do goleiro Bruno

Com o triunfo, a Colômbia cola na liderança do grupo A e fica atrás do Brasil apenas pelo saldo de gols. O Equador ocupa a quarta posição, à frente apenas da Venezuela, derrotada mais cedo pela Seleção por 3 a . O Peru, de folga na primeira rodada, ocupa a terceira posição.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA