a

Infratrutura

ANO ELEITORAL-Com “prazo de validade” obras do anel viário de Barra do Garças é retomada e deverá ser entregue antes da eleição

Há mais de 25 anos a população das três cidades circunvizinhas, Barra do Garças (MT), Pontal do Araguaia(MT) e Aragarças (GO) esperam por esse momento ímpar, ou seja; já se passou toda uma geração e ate o momento nada. O prefeito de Barra do Garças Adilson Macedo, esteve visitando o canteiro de obras nesta quarta-feira (18) e comemorou a retomada das obras que será concluída dentro da sua gestão.

Publicados

Infratrutura

Prefeito Dr. Adilson comemora a retomada das obras do Anel Viário.

Durante esse longo período a palavra ‘anel viário de Barra do Garças’ serviu de trampolim políticos para alguns politiqueiros cara de madeira se elegeram em cima desse discurso, fato que tem enojado a população barra-garcense e dos outros dois municípios circunvizinhos incluídos nesse projeto politiqueiro.

A falta de óleo de peroba na face de alguns plantonistas sobressaiu sobre a obra lenta que passa a ter prazo de validade devido o crescimento habitacional e populacional dos três municípios e que se estende por vários governos.

Como é ano de eleição, o “bendito” do anel viário mais uma vez esta previsto para ser entregue definitivamente para a população antes da eleição de 9 de outubro deste ano, no último caso ate dezembro, ocasião em que o povo voltará mais uma vez as urnas para eleger seu presidente, senador, deputados federais e estaduais praticantes do mesmo discurso.


Barragem de contenção e drenagem próximo a ponte do Rio Araguaia.

Quando inaugurado o “anelzinho dos políticos” não estará mais rodeando toda a cidade em toda sua extensão como era o projeto original que objetivava melhorar todo o trânsito das cidades e retirar as carretas pesadas do centro urbano de Barra do Garças, desta feita, passando a dar mais agilidade para a circulação de veículos leves e pedestres, o mesmo gargalho continuará dentro de vários aglomerados urbano do Bairro Nova Barra e adjacentes.

Ocorre que quando foi criado o projeto ou faltou competência por parte da classe política e de quem elaborou, ou simplesmente tiveram visão minúscula ou pensaram que Barra do Garças não passaria do que era antes.

A cidade cresceu, se expandiu e se desenvolveu aumentando grandemente sua população, principalmente no local onde passará o trajeto.

Mesmo de forma lenta, a mais de duas décadas a obra do anel viário que passou a ter prazo de validade vem consumindo milhões de reais dos cofres públicos e enojando a população da região, e o pior; ate a sua inauguração a expectativa é que ela servirá apenas para retirar o trânsito pesado apenas da avenida ministro João Alberto em Barra do Garças e Aragarças, o que já é um grande avanço.

Enquanto os cães ladram a população de Pontal do Araguaia e Aragarças que também vem crescendo e se desenvolvendo começa a se preocupar com esse gargalo e seu futuro, um dilema que entra e sai governo e nunca se acaba.

Leia Também:  CAMPINAPOLIS PASSADA A LIMPO-Pontes estradas e asfalto, algumas das marcas da atual gestão

A HISTÓRIA DO ANEL VIÁRIO

A expectativa de se construir um anel viário em Barra do Garças se iniciou no primeiro mandato do então deputado federal rondonopolitano Wellington Fagundes, em décadas passadas, ocasião em que ele achou espaço político legal na cidade virou seu representante e conseguiu sobressair politicamente com os votos da região e o apoio maciço de políticos local, em algumas vezes tirando a eleição de candidatos a federal de Barra do Garças.

Entre os políticos renomados que “mandaram” em Barra do Garças e que se transformaram a época cabos eleitorais de carteirinha de Wellington Fagundes estava toda a família Farias sob a regência dos caciques Wilmar Peres de Farias (falecido), Wanderlei Farias Santos e Roberto Ângelo Farias, os três foram prefeitos de Barra do Garças.

Wellington teve em seguida mais 4 mandatos de deputado federal sendo sempre muito bem votado em Barra do Garças, em seguida se elegeu senador da república, cargo que ocupa ate hoje e pleiteia sua reeleição.

Querendo ou não, demorado ou não, ultrapassado ou não, o anel viário tem tudo a ver com o parlamentar federal pelo fato dele ser o principal político entre os demais que tem brigado desde o inicio pela sua construção e que em breve deverá ser uma realidade.

Prefeito Dr.Adilson Comemora a retomada das obras


Prefeito, secretários e equipe de engenheiros do Denit no canteiro da obra.

O prefeito de Barra do Garças Adilson Gonçalves Macedo, que  não tem nada a ver com a demora da obra e que esteve ontem (18.05) visitando o canteiro de obras da empreiteira Sanches Tripoloni, em Pontal do Araguaia, em entrevista à imprensa o gestor disse que  desde que assumiu a prefeitura em janeiro de 2021 vem cobrado duramente do governo federal através do Denit e também e do estado mais celeridade na conclusão das obras.

Adilson afirmou ainda estar otimista pelo fato das máquinas já estarem no trecho e com toda equipe montada.

O prefeito de Barra do Garças esteve recentemente com o superintendente  do Denit em Mato Grosso, Antônio Gabriel, ocasião em que o mesmo confirmou a data prevista da entrega, ele também recebeu a informação de que a empresa que venceu o certame licitatório para o retomar as obras pelo lado de Goiás iniciaram suas atividades já na próxima semana.

Leia Também:  Máquinas doadas pelo Governo de MT começam a chegar no interior do estado

De acordo o gestor é muito prazeroso ver as duas empresas trabalhando na obra tanto pelo lado mato-grossense como pelo goiano, bem como a empresa responsável pela drenagem em todo o trajeto que garantiu concluir ate no próximo mês toda a drenagem profunda para iniciar a pavimentação asfáltica. Disse Adilson.

O prefeito também enalteceu a importância do anel viário para a cidade, no seu entender é uma obra importante não apenas para Barra do Garças pelo fato de tirar todo o trânsito pesado do centro da cidade, mas para todo o Estado de Mato Grosso por ser destaque no cenário nacional na produção de grãos em grande escala, e que passará a ter mais agilidade no escoamento das safras através do anel.


Homens e máquinas retomam as obras em ritmo acelerado.

Ao Notícia dos Municípios o prefeito Adilson disse que embora seja uma obra do governo federal a gestão municipal tem fiscalizado cobrado e acompanhado diuturnamente de perto o seu andamento, disse ainda ter ido várias vezes a Cuiabá e Brasília cobrar do Denit e das autoridades política na esfera federal a sua conclusão.

Ladeado do engenheiro Antônio Sansão da empreiteira Sanches Tripoloni, responsável pela obra e dos secretários de governo Ubaldino Rezende e Sérgio Santana, o prefeito disse ainda que devido à demora na conclusão da obra que se estende há décadas, poucos acreditavam, por outro lado demonstrou satisfação com a retomada que deverá ser conclusa dentro da sua gestão.

“Com essa grande e importante obra teremos acesso mais rápido e fácil tanto para a MT-100 como para os estados de Goiás, Minas Gerais e Tocantins, é uma logística importante e necessária para o escoamento de grãos produzidos em todo o Estado de Mato Grosso”. Disse o prefeito Adilson ao dividir sua satisfação com a população de Barra do Garças, Aragarças e Pontal do Araguaia.

VÍDEO COM A ENTREVISTA DO PREFEITO ADILSON

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Infratrutura

A preocupação é entregar a obra em outubro”, diz Dr. Adilson sobre anel viário após visita do superintendente do DNIT

Com a finalização do anel viário, Av. Ministro João Alberto deixa de ser responsabilidade do DNIT e passa a integrar malha viária municipal

Publicados

em

Na manhã desta quinta-feira (22), o prefeito de Barra do Garças, Dr. Adilson Gonçalves, se reuniu com o superintendente regional do DNIT, Antônio Gabriel Oliveira dos Santos, e com o fiscal de contrato responsável pela obra do anel viário, o engenheiro civil Jackson Schenkel. No encontro foi pautada a entrega da obra, prevista para outubro deste ano, e os desafios que se apresentam com a finalização do anel viário.

A obra, que se estende por muitos anos, é objeto de grande expectativa dos moradores das cidades de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças, que esperam que o trânsito seja aliviado com o desvio de carretas e caminhões que hoje precisam trafegar no meio das cidades.

O prefeito de Barra do Garças, Dr. Adilson Gonçalves, disse que a finalização da obra representará mudanças drásticas, mas positivas, na composição do trânsito da cidade. “A reunião de hoje foi muito produtiva pois tratamos dos desafios que teremos a partir de então, relacionado à drenagem das vias que dão acesso ao anel viário e o repasse da avenida Ministro João Alberto para a malha viária municipal”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CAMPINAPOLIS PASSADA A LIMPO-Pontes estradas e asfalto, algumas das marcas da atual gestão
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA