a

Policial

ARAGUAIANA- PM apreende quase 100 kg de pescados ilegal e dia para creche de Barra do Garças

O pescado estava num carro luxo vindo de Araguaiana para Barra e os peixes estavam fora de medida e com sinais de pesca de rede que é proibida

Publicados

Policial

A Polícia Militar, através da equipe de policiamento do Núcleo de Polícia Militar da cidade de Araguaiana-MT, realizou na tarde de sexta-feira (10/06), a apreensão de quase 100kg de peixes fora da medida e com indícios do uso de rede de pesca predatória.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais faziam o deslocamento entre os municípios de Barra do Garças-MT (509km de Cuiabá) e Araguaiana-MT, quando notaram um veículo Toyota Corolla que parecia estar carregando grande quantidade de carga, devido a sua traseira estar rebaixada. Diante da suspeita do veículo estar transportando algum tipo de material ilícito, os policiais realizaram a abordagem ao veículo, já entrando no município de Barra do Garças-MT.

Em busca veicular, os policiais encontraram diversos sacos plásticos com grandiosa quantidade de peixes. Ao indagarem o dois indivíduos que trafegavam no veículo sobre a origem dos peixes, ambos teriam informado que haviam pescado uma parte em uma chácara da região e teriam comprado a outra parte de terceiros.

Leia Também:  Homem é preso suspeito de matar venezuelana desaparecida em Ribeirão Cascalheira

Diante da suspeita dos peixes estarem fora da medida permitida para pesca, os policiais buscaram apoio de agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), que constataram se tratar de peixe não somente fora da medida, mas com claros indícios de pesca com rede, prática ilegal nos rios da região.

Diversas espécies de peixes foram apreendidas, entre elas as conhecidas popularmente como pintado, dourado, pacu, entre outras. No total, 96kg (noventa e seis quilos) de pescado ilegal foram apreendidos.

O oficial de dia do 5º Comando Regional acompanhou pessoalmente a doação do pescado, que foi feita para o Centro Educativo Imaculada Coceição, no bairro Vila Maria. Os indivíduos foram detidos e encaminhados  à Delegacia de Polícia, para as providências que o caso requer.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Motorista envolvido em acidente que matou uma pessoa se apresenta à polícia em Barra do Garças

O condutor se apresentou espontaneamente acompanhado por um advogado.

Publicados

em

O motorista do veículo Chevrolet Celta que se envolveu no trágico acidente com uma motocicleta Honda CG 150 Titan, na tarde de domingo (26), nas confluências dos bairros Tamburi e Ouro Fino, em Barra do Garças, que resultou na morte de uma mulher de 44 anos, se apresentou na 1° Delegacia da Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (27).

Após o acidente, o homem abandonou o local, deixando o veículo visivelmente avariado pela colisão.

A motociclista Maria de Jesus Oliveira Cardoso, chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, porém, não resistiu e foi à óbito.

Após o acidente, a equipe de investigadores da 1°DP identificou a pessoa cujo veículo está registrado em seu nome, e a partir dessa informação, foi possivel identificar a pessoa que estava conduzindo o carro.

A investigação concluiu que no veículo estavam duas pessoas, sendo o motorista e uma criança de aproximadamente 8 anos, porém, antes de ser localizado, o condutor se apresentou espontaneamente acompanhado por um advogado.

Com algumas escoriações pelo corpo em razão do acidente, o homem de 35 anos que trabalha como pintor, relatou que a motociclista entrou bruscamente no cruzamento, e que ele não conseguiu frear, alegando que tentou virar o carro na tentativa de evitar o acidente, porém, não conseguiu.

Leia Também:  Prefeito capota caminhonete após reunião com Mendes

Relatou ainda que após a colisão, pediu a uma pessoa que acionasse o Corpo de Bombeiros e deixou o local com o filho que o acompanhava.

O homem que é habilitado, confirmou que o veículo lhe pertence, e após ser ouvido foi liberado. Por se tratar de crime culposo, a legislação não prevê prisão provisória.

O delegado Pablo Borges é o responsável pelo inquérito.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA