Policial

Casal é preso transportando 350 kg de cocaína escondidos em carga de inhame em MT

Veículo saiu de Rondônia e iria para São Paulo.

Publicados

Policial

Um casal foi preso transportando 350 kg de cocaína escondidos em uma carga de inhame, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, na madrugada desta sexta-feira (19). Os entorpecentes estavam divididos em tabletes de 30 kg cada.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo saiu de Rondônia e iria para São Paulo. Os tabletes estavam ‘camuflados’ no caminhão em meio a carga de inhame.

Droga estava 'camuflada' em meio a carga de inhame  — Foto: PRF/Divulgação

Droga estava ‘camuflada’ em meio a carga de inhame — Foto: PRF/Divulgação

Segundo a polícia, o motorista tentou negar o crime ao ser questionado sobre a droga, mas depois acabou confessando.

Ele e a mulher que o acompanhava na viagem devem responder por tráfico interestadual.

O casal foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Rondonópolis, que seguirá com a investigação do caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Civil apreende menor que atirou na Delegacia de Barra do Garças
Propaganda

Policial

Em 48h, 2º DJ é executado em Sinop; filha de 10 anos leva tiro na boca

Vítima estava chegando em casa com a filha e a esposa quando foi surpreendida pelos atiradores

Publicados

em

m dois dias, segundo DJ é executado em Sinop ( a 500 de Cuiabá). Renê Souza, de 30 anos, foi assassinado no final da noite desta quinta (25) quando chegava na casa dele, na rua João Pedro Moreira de Carvalho, no bairro Menino Jesus I.  A filha, de 10 anos, que estava sendo levada pela vítima, foi atingida por um disparo na boca.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime foi registrado por volta das 23h30. O Corpo de Bombeiros foi acionado mas apenas constatou que o DJ estava morto. Já a filha socorrida por familiares até o Hospital Regional.

Renê era DJ e tinha um comércio no bairro. Ele estava chegando em casa com a filha e a esposa quando foi surpreendido pelos atiradores. A perícia criminal constatou que ele foi atingido com pelo menos sete tiros no braço, perna, costas e cabeça.

DJ Renê é o segundo músico assassinado em menos de uma semana. Na madrugada de quarta (24), dois homens, usando capuz, mataram DJ André Master em uma tabacaria no Jardim Violetas. A vítima e uma mulher foram atingidos pelos disparos. A mulher foi socorrida com um disparo na nádega e continua internada. A Polícia Civil investiga o crime.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TJ mantém bloqueio de bens de engenheiros florestais da Sema
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA