BARRA DO GARÇAS

Policial

Ladrões invadem fazenda faz família refém e roubam mais de R$ 1,5 milhão em carros jóias e fazem PIX

Vítima alega que só em joias foram levados dois quilos

Publicados

Policial

Uma família foi rendida por volta das 10h da manhã de quarta-feira (8) em uma fazenda, na região do Cinturão Verde, em Cuiabá. Bandidos armados mantiveram o dono da propriedade e sua filha como reféns por cerca de cinco horas e deixaram um prejuízo de aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Conforme o programa Cadeia Neles (TV Vila Real), o suspeito de ser o mandante do assalto é uma pessoa próxima ao fazendeiro. Os bandidos fizeram várias operações através de PIX das contas bancárias das vítimas, além de roubarem  dois quilos em joias, eletrônicos e duas caminhonetes.

Segundo o proprietário, os ladrões sabiam que o fazendeiro tinha itens de valor na casa, além de dinheiro no banco. Eles exigiram os telefones e chegaram a dar um tiro próximo ao ouvido da jovem, para que ela pegasse o celular.

“Eu estava saindo para fazer minha hemodiálise e quando chegamos na porteira da fazenda, três homens armados me abordaram com minha filha e nos mandaram voltar. Já na sede, renderam meu sobrinho, nos colocaram na sala e amarraram a gente. Eles fizeram uma limpa na casa, mas sabiam também que tínhamos dinheiro na conta para PIX”, afirmou o fazendeiro, que relatou que é a terceira vez que é assaltado no local.

Leia Também:  Mais de 120 policiais das forças especiais e Bope procuram em mata assaltantes que roubaram bancos em MT há duas semanas

De acordo com a vítima, foram feitas diversas transferências por PIX, sendo uma de R$ 50 mil, outra de R$ 45 mil, um empréstimo de R$ 12 mil na conta da filha do fazendeiro, além de outros de quantias menores. Os bandidos também geraram boletos em favor deles mesmos. O total roubado em dinheiro, segundo o proprietário, foi de R$ 250 mil.

Os bandidos também roubaram dois televisores, seis botijões de gás, dois galões de veneno, uma caixa de som, vários perfumes, roupas, joias e três armas. Também foram levadas uma Hilux branca e uma Ranger da mesma cor.

O prejuízo total chegou a R$ 1,5 milhão. Segundo a vítima, uma pessoa coordenava a ação pelo telefone e sabia onde tudo se encontrava. Ele inclusive suspeita de uma pessoa próxima a família. “A pessoa sabia tudo da minha vida. Eu sei quem me roubou e eu vou pegar. Essa pessoa vai ter que me pagar. A polícia tem que investigar porque eu sei quem é a pessoa. Eu vi o enteado dessa pessoa aqui. Ele é o cabeça e vai ter que me ressarcir. Fingia ser meu amigo e sabia de tudo que se passava aqui, para aprontar essa comigo”, relatou a vítima.

Leia Também:  Carreta tomba e mata seis animais na BR-158, em Barra do Garças

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Carreta atropela arrasta e mata mais um em Barra do Garças, três mortes no trânsito em 3 dias

O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), na BR-070, próximo a Havan

Publicados

em

Um homem, ainda não identificado, morreu após ser atropelado por uma carreta na avenida Valdon Varjão, perímetro urbano da BR-070, em Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá). O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), próximo a Havan.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito no local. Os agentes não conseguiram localizar nenhum veículo próximo à vítima que também não porta documentos.

Em estado de choque, o motorista do veículo informou que transportava calcário para uma fazenda na região e só percebeu o atropelamento após o corpo ter sido arrastado por vários metros. A equipe médica no local precisou encaminhá-lo para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estão no local para apurar as circunstâncias do acidente.

Três mortes no trânsito em três dias

Essa é a terceira morte causada por acidente de trânsito em Barra do Garças nos últimos três dias, duas delas na rodovia BR-070.

Na quarta-feira (10), o servidor público Thiago Pereira Freitas, de 20 anos, morreu após perder o controle de uma moto e ser arremessado contra um poste na avenida Brasil, no bairro Tamburi. Ontem (11), o mototaxista Esmeraldo David de Melo, de 59 anos, também foi vítima de um atropelamento envolvendo um caminhão na avenida Ministro João Alberto (BR-070), no centro da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FORA DE CONTROLE-Casal é executado em Sinop, que tem 9 mortes em 24 horas
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA