BARRA DO GARÇAS

Policial

Mais de 120 veículos são roubados ou furtados por mês na Grande Cuiabá

Números são referentes ao primeiro semestre de 2022.

Publicados

Policial

Cuiabá e Várzea Grande registraram 126 furtos ou roubos de veículos por mês no primeiro semestre de 2022, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT). Esse número equivale a quatro veículos roubados por dia.L

De janeiro a junho deste ano, foram 759 registros dos dois crimes nos municípios. Ainda conforme o estado, 232 desses veículos foram recuperados.

No mesmo período do ano passado, houve 1.037 ocorrências. Já em 2020, 1.225 registros. Portanto, as quedas são de 26,8% e 15,34%, respectivamente.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) Gustavo Garcia, a polícia tenta encontrar os grupos criminosos que praticam esse tipo de crime.

“Nós não buscamos só reprimir os furtos e os roubos e as execuções dessas ações criminosas, mas nós buscamos identificar as organizações criminosas que estão por trás desses crimes e daí, tentamos prender aquele que coordena e também tirar deles o proveito do crime”, disse.

Segundo a polícia, os veículos que são roubados ou furtados podem ser usados para diversos tipos de crimes.

Leia Também:  Vereador Temazinho e ex-presidente da Câmara de Primavera são condenados a devolver R$ 22 mil aos cofres públicos

“Eles são desmontados ilegalmente e abastece um mercado ilegal de peças usadas na região metropolitana. Alguns veículos têm as placas e identificadores adulterados para serem vendidos em sites especializados de vendas. Pessoas de boa fé muitas vezes acabam adquirindo produtos de roubo. Outros veículos são encaminhados para a fronteira e podem ser vendidos ou trocados por droga”, disse o delegado.

Porta de casa

 

Em junho, o ajudante de marceneiro André Felipe teve a moto CB-300 furtada na porta de casa, no Bairro Praieiro, na capital.

“De madrugada, quando formos sair para trabalhar, a moto não estava mais lá. Fizemos o boletim de ocorrência no mesmo dia, mas não conseguimos recuperar o veículo”, contou ao g1.

Ele usava a moto para trabalhar.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Carreta atropela arrasta e mata mais um em Barra do Garças, três mortes no trânsito em 3 dias

O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), na BR-070, próximo a Havan

Publicados

em

Um homem, ainda não identificado, morreu após ser atropelado por uma carreta na avenida Valdon Varjão, perímetro urbano da BR-070, em Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá). O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), próximo a Havan.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito no local. Os agentes não conseguiram localizar nenhum veículo próximo à vítima que também não porta documentos.

Em estado de choque, o motorista do veículo informou que transportava calcário para uma fazenda na região e só percebeu o atropelamento após o corpo ter sido arrastado por vários metros. A equipe médica no local precisou encaminhá-lo para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estão no local para apurar as circunstâncias do acidente.

Três mortes no trânsito em três dias

Essa é a terceira morte causada por acidente de trânsito em Barra do Garças nos últimos três dias, duas delas na rodovia BR-070.

Na quarta-feira (10), o servidor público Thiago Pereira Freitas, de 20 anos, morreu após perder o controle de uma moto e ser arremessado contra um poste na avenida Brasil, no bairro Tamburi. Ontem (11), o mototaxista Esmeraldo David de Melo, de 59 anos, também foi vítima de um atropelamento envolvendo um caminhão na avenida Ministro João Alberto (BR-070), no centro da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Aulas presenciais são retomadas na UFMT após quase 2 anos suspensas
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA