Policial

Morador de Barra do Garças foi assassinado na frente de filhas e esposa com 5 tiros; polícia procura autores do crime

Esse homicídio aconteceu na tarde de sábado. A hipótese é de execução e agora a polícia procura autores e possível mandante

Publicados

Policial

O morador Guilherme Carmino Carvalho e Silva, de 30 anos, foi morto com cinco tiros na tarde de sábado (20/11) no bairro Morada do Sol, em Barra do Garças, segundo informações de amigos por dois indivíduos que entraram na residência da vítima e efetuaram os tiros na frente da esposa e de duas filhas pequenas de Guilherme.

A vítima ainda chegou a ser socorrida até o Pronto Socorro, mas morreu ao dar entrada na unidade de saúde. Na rede social, vários amigos enviaram mensagens de pesar à família lamentando a morte de Guilherme.

“Amiga nesse momento só te desejo força, pra suporta essa perda irreparável que foi a perda do Guilherme e que Deus te direcione o caminho da sabedoria para criar suas filhas, entender o desígnio de Deus e doloroso mas, ele está conosco para nos ajudar porque é dele que vem nosso socorro. Que Deus conforte seu coração e de toda sua família amigos e um abraço apertado dentro do seu coração.

Eu estou de longe mas sabe que pode contar comigo”, destacou uma amiga em mensagem no facebook para esposa de Guilherme. Ele já trabalhou no passado com a venda de consórcios de moto e com marketing digital.

Leia Também:  Cadeia Pública de Cáceres inaugura horta, oficina e barracão multiuso

A Polícia Militar esteve no local do crime em busca de mais informações e na tentativa de prender os autores do crime. Uma das hipóteses é de que de execução e a polícia trabalha para identificar os autores e possível mandante.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Em 48h, 2º DJ é executado em Sinop; filha de 10 anos leva tiro na boca

Vítima estava chegando em casa com a filha e a esposa quando foi surpreendida pelos atiradores

Publicados

em

m dois dias, segundo DJ é executado em Sinop ( a 500 de Cuiabá). Renê Souza, de 30 anos, foi assassinado no final da noite desta quinta (25) quando chegava na casa dele, na rua João Pedro Moreira de Carvalho, no bairro Menino Jesus I.  A filha, de 10 anos, que estava sendo levada pela vítima, foi atingida por um disparo na boca.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime foi registrado por volta das 23h30. O Corpo de Bombeiros foi acionado mas apenas constatou que o DJ estava morto. Já a filha socorrida por familiares até o Hospital Regional.

Renê era DJ e tinha um comércio no bairro. Ele estava chegando em casa com a filha e a esposa quando foi surpreendido pelos atiradores. A perícia criminal constatou que ele foi atingido com pelo menos sete tiros no braço, perna, costas e cabeça.

DJ Renê é o segundo músico assassinado em menos de uma semana. Na madrugada de quarta (24), dois homens, usando capuz, mataram DJ André Master em uma tabacaria no Jardim Violetas. A vítima e uma mulher foram atingidos pelos disparos. A mulher foi socorrida com um disparo na nádega e continua internada. A Polícia Civil investiga o crime.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desaparecimento de manicure Sandra completa 3,5 anos
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA