Policial

Mortos em confronto com a PM em Piranhas pertenciam a uma facção criminosa; leia os nomes

As vítimas pertenciam a uma facção criminosa e buscavam o domínio do tráfico de drogas.

Publicados

Policial

O confronto com policiais militares do Comando de Operações de Divisa (COD) e Grupo de Patrulhamento Tático de Aragarças (GPT), ocorrido na cidade de Piranhas (GO), a 87 km de Barra do Garças (MT), resultou na morte de três jovens, que já foram identificados.

Morreram na troca de tiros com os PMs, Vitor Vieira Gomes, de 20 anos, Francisco Erlanderson Sousa Alexandre, 20, e Luyz Fernando de Almeida Ferreira, de 19 anos. Os três estavam envolvidos na tentativa de homicídio contra Patrícia Silva de Moraes, ex-reeducanda que fazia o uso de tornozeleira.

De acordo com nota divulgada pela Polícia Militar, os suspeitos arrombaram a casa da vítima e efetuaram vários disparos, fugindo em seguida para uma residência no setor Sudoeste. Ao identificar o local onde haviam se escondido, policiais do COD e GPT tentaram abordar os três, contudo, acabaram sendo recebidos à bala e revidaram. Na troca de tiros, os jovens foram feridos e encaminhados ainda com vida para o Pronto Socorro de Piranhas, mas foram a óbito.

Leia Também:  Cinta Larga acusado de assassinar família em Juína irá a julgamento no dia 3 de abril

A PM apurou que as vítimas pertenciam a uma facção criminosa denominada ADE/PCC e a motivação da tentativa de homicídio seria o comando da região pelo tráfico. Patrícia, supostamente, agia no mesmo local, o que provocou a revolta dos envolvidos no crime.

O COD e o GPT apreenderam na casa onde ocorreu o confronto, duas armas de fogo, 1,3 quilos de pasta base de cocaína, 3,4 quilos de maconha e uma balança de precisão. Os três possuíam passagens por tráfico e posse de droga, porte ilegal de arma de fogo e ameaça.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

PM de Paredão do Leste recupera trator após vítima denunciar que teria caído em golpe

A apreensão ocorreu na rodovia BR 070, entre Primavera do Leste e Paredão do Leste, por volta das 18h.

Publicados

em

Um trator Massey Ferguson foi recuperado, nesta sexta-feira (11), por policiais do Distrito de Paredão do Leste, em General Carneiro, após a vítima acionar a Polícia Militar relatando que teria caído em um possível golpe.

Um caminhão tipo MUCK (prancha) que carregava o trator foi parado pela guarnição por volta das 18h, na rodovia BR-070, entre Primavera do Leste e Paredão do Leste. Questionado, o motorista contou que levaria o veículo para uma fazenda localizada em General Carneiro, porém em checagem na nota fiscal, os militares descobriram que no documento constava como destino o município de Tesouro.

O caminhão e o trator foram apreendidos e o motorista encaminhado para a delegacia de polícia em General Carneiro para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Já a vítima relatou aos militares que teria arrendado sua propriedade para outra pessoa e vendido seus maquinários para o arrendatário. Ela teria recebido vários cheques, a prazo, e que o acordo era o arrendatário retirar os maquinários da terra somente após a compensação dos cheques. Acordo esse que não foi cumprido.

Leia Também:  Após "profecia" em live, cantor sertanejo compra fazenda de R$ 275 mi em MT

A Polícia Judiciária Civil investigará o caso.

(Com informações da Assessoria do 5º CR/PMMT).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA