BARRA DO GARÇAS

Policial

PC abre sindicância contra delegado e cita casos de insubordinação em MT

Polêmico, Stringueta é pré-candidato a deputado federal

Publicados

Policial

A Corregedoria-Geral da Polícia Civil instaurou uma sindicância administrativa para investigar o delegado Flávio Henrique Stringueta mediante indícios da prática de infrações disciplinares previstas no Regimento Interno da instituição. A portaria é assinada pelo corregedor-auxiliar, Marcelo Felisbino Martins, e prevê um prazo de 30 dias para conclusão, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

Conforme  o documento, a investigação interna contra o polêmico delegado que hoje está filiado ao Republicanos e tem pretensão de disputar o cargo de deputado federal, se justifica mediante indícios de prática de diferentes infrações. Os dispositivos da Lei Complementar Estadual 407/2010, que dispõe sobre a organização e o estatuto da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, citados apontam o delegado teria descumprido obrigações inerentes aos deveres enquanto servidor da PJC bem como normas expedidas pelas autoridades competentes.

Dentre alguns dos incisos citados na portaria divulgada no Diário Oficial desta segunda-feira, constam textualmente tratar-se de deveres que incluem “prestar informação correta e de modo cortês ou encaminhar o solicitante a quem saiba prestá-la, ser leal, cooperativo e solidário com os companheiros de trabalho, obedecer às ordens legais de superiores hierárquicos e promover sua fiel execução, exceto quando manifestadamente ilegais”. Nos textos apontados no estatuto da PJC são mencionados ainda dispositivos que falam da obrigação de “zelar pela valorização da função policial e pelo respeito aos direitos e à dignidade da pessoa humana, proceder na vida pública e particular de modo a dignificar a função policial civil, adotar providências cabíveis, se competente, em face de irregularidade de que tenha conhecimento e levar o fato à autoridade superior”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeito de cidade na BA e esposa são achados mortos em condomínio de luxo de Salvador
Propaganda

Policial

Carreta atropela arrasta e mata mais um em Barra do Garças, três mortes no trânsito em 3 dias

O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), na BR-070, próximo a Havan

Publicados

em

Um homem, ainda não identificado, morreu após ser atropelado por uma carreta na avenida Valdon Varjão, perímetro urbano da BR-070, em Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá). O fato foi registrado na tarde desta sexta-feira (12), próximo a Havan.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito no local. Os agentes não conseguiram localizar nenhum veículo próximo à vítima que também não porta documentos.

Em estado de choque, o motorista do veículo informou que transportava calcário para uma fazenda na região e só percebeu o atropelamento após o corpo ter sido arrastado por vários metros. A equipe médica no local precisou encaminhá-lo para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estão no local para apurar as circunstâncias do acidente.

Três mortes no trânsito em três dias

Essa é a terceira morte causada por acidente de trânsito em Barra do Garças nos últimos três dias, duas delas na rodovia BR-070.

Na quarta-feira (10), o servidor público Thiago Pereira Freitas, de 20 anos, morreu após perder o controle de uma moto e ser arremessado contra um poste na avenida Brasil, no bairro Tamburi. Ontem (11), o mototaxista Esmeraldo David de Melo, de 59 anos, também foi vítima de um atropelamento envolvendo um caminhão na avenida Ministro João Alberto (BR-070), no centro da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após 28 anos de existência, nota de R$ 100 compra hoje o mesmo que R$ 13,91 em 1994
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA