Policial

PF arquiva denúncia de delator sobre caixa 2 de ex-governador de MT

Investigação sobre doação de construtora a Pedro Taques não será levada adiante

Publicados

Policial

Mais um dos nove inquéritos instaurados contra o ex-governador Pedro Taques (SD) para investigar denúncias de supostos crimes de caixa 2 na campanha de 2014 não foi adiante por ausência de provas e elementos que pudessem confirmar as denúncias do delator Alan Malouf. Com isso, a Polícia Federal (PF) descartou a existência de caixa 2 em doações de R$ 500 mil feitas pela empresa HL Construtora.

Nas denúncias formuladas em seu acordo de delação premiada, o empresário Alan Malouf, que foi coordenador da campanha vitoriosa de Pedro Taques em 2014, apontou diversas doações de empresas que posteriormente não teriam sido declaradas na prestação de contas.

No caso da HL Construtora Ltda, Malouf relatou que a empresa doou R$ 500 para a campanha e que tal valor não constou na prestação de contas. O inquérito foi instaurado pela Polícia Federal por determinação da Justiça Eleitoral visando confirmar ou descartar a denúncia do delator.

Ocorre que a Polícia Federal petição anexada ao inquérito nesta terça-feira (11) informou que não obteve nenhuma prova capaz de atestar a veracidade do crime de caixa 2.

Leia Também:  QUERÊNCIA- Empresário é assassinado a tiros e corpo encontrado dentro de geladeira

“Logo, as informações coletadas até o presente momento revelaram que não há linha investigativa idônea capaz de fomentar a continuação da apuração policial. Além disso, os fatos ocorreram no ano de 2014, o que demonstra a impossibilidade investigativa do presente inquérito policial, restando prejudicada a afirmação da existência de materialidade e de autoria delitiva”, consta no relatório assinado pela delegada Karoline Araujo Diniz.

Dessa forma, a Polícia Federal encerrou as investigações e encaminhou relatório para um magistrado da Justiça Eleitoral decidir pelo arquivamento após o Ministério Público Eleitoral emitir parecer nos autos.  De todo modo, a PF informou que permanece à disposição para realização de eventuais novas diligências que vierem a ser solicitadas pelo MP Eleitoral ou pela Justiça Eleitoral.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

COCALINHO- Pai e filho são baleados dentro de casa por três homens que chegaram em uma caminhonete atirando

Autores dos disparos chegaram em um caminhonete, renderam as vítimas e efetuaram vários disparos.

Publicados

em

Um homem identificado como Claudenor Ferreira ‘Binga’ dos Santos, 46 anos, foi morto e outro ficou ferido na noite desse domingo (23), em Cocalinho (MT).

Segundo informações preliminares, o homicídio seguido de tentativa foi praticado por três homens ocupando uma caminhonete Chevrolet S10.

As vítimas, pai e filho, foram abordadas na frente de uma casa e depois de uma discussão, foram alvejados por diversos disparos.

Claudionor ainda correu em direção a casa, porém, dois dos três bandidos conseguiram alcançá-lo e o assassinaram dentro de um dos quartos. A esposa da vítima presenciou o fato.

A segunda vítima, identificada como Gean, também foi baleada e encontra-se internado em estado grave no Hospital Regional Paulo Alemão, em Água Boa (MT).

A Polícia Judiciária Civil registrou a ocorrência e no local foram encontradas cápsulas de munição 380 e um cartucho calibre 12. (Com informações da Rádio Interativa FM)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Traficante provoca acidente e deixa R$ 14 mil espalhados no asfalto em MT
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA