BARRA DO GARÇAS

Policial

Policiais civis de Campinápolis e Canarana recuperam carretinha furtada e prendem irmãos foragidos da justiça do Pará.

Publicados

Policial

Um cidadão Campinapolense ao trafegar com seu veículo e passar ao lado de uma carretinha estacionada em frente à uma mecânica, decidiu furtá-la. Identificado o suspeito e formalmente interrogado na Delegacia e Polícia de Campinápolis/MT indicou tê-la levado para a cidade de Canarana/MT, tendo ele se prontificado em acompanhar os policias ao local em que havia deixado.
Juntamente de uma equipe de policiais civis da cidade de Canarana/MT, foi localizado a carretinha e identificado o receptador o qual fora apresentado à autoridade policial daquela cidade e, diante do contexto fático, fora atuado em flagrante por cometimento do crime de Receptação Culposa.
O autor do furto ao ser qualificado na delegacia de Campinápolis, descobriu-se mandado de prisão em seu desfavor expedido pela comarca da cidade de Xingauara/PA. Em consulta processual realizada, identificou-se que seu irmão também tinha em seu desfavor mandado de prisão em aberto. Os irmãos, figuram como réus em processo de crimes tais como homicídio qualificado, estupro e dano qualificado.
Os irmãos passaram por audiência de custodia e foram encaminhados ao Presídio Major PM Zuzi Alves na cidade de Água Boa, local em que permanecem à disposição da justiça do Estado do Pará.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Parceria entre prefeituras governo e classe produtora garante pavimentação de 132 Km ligando São Jose do Xingu a Espigão do Leste (ASSISTA O VÍDEO)
Propaganda

Policial

Moradora do bairro Pitaluga é presa por atear fogo na própria casa tentando se matar

Policiais arrombaram a porta e em meio ao fogo e a intensa fumaça, retiraram a mulher do interior da casa

Publicados

em

O incêndio que destruiu uma casa no bairro Pitaluga em Barra do Garças, na tarde de domingo (14), resultou na prisão de uma mulher de 26 anos, moradora do imóvel.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar como lesão corporal, tentativa de suicídio, dano e incêndio.

A PM foi acionada com a informação inicial de uma situação de violência doméstica, envolvendo a mulher e o marido, de 34 anos.

No local a esposa afirmou que houve uma discussão entre o casal, que resultou em luta corporal e que ela havia quebrado o veículo do marido e ateado fogo nas roupas dele.

De acordo com a polícia, ao ser comunicada que seria levada à delegacia para a elaboração do boletim de ocorrência, a mulher colocou um saco de cimento na porta, sob o pretexto de trancar a casa, momento que a equipe percebeu muita fumaça que saía pelo telhado do quarto do casal.

Os militares constataram que a moradora havia colocado fogo no colchão e tentava incendiar outros cômodos da residência.

Segundo o boletim de ocorrência, ela levou alguns filhotes de cães para o quintal e em uma suposta tentativa de suicídio retornou para dentro da casa em chamas.

Leia Também:  Gefron apreende 135 kg de cocaína; 2 pessoas são presas em flagrante

Os policiais arrombaram a porta e em meio ao fogo e a intensa fumaça, retiraram a mulher do interior da casa, mesmo diante da resistência que ela ofereceu para não sair.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas, antes que outras casas fossem atingidas.

De acordo com a polícia, a mulher apresentava algumas lesões pelo corpo, provocadas pela vias de fato com o marido.

Polícia Civil e Politec estiveram na residência.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA