a

Policial

Três bandidos morrem em Piranhas após confronto com a PM

Eles tinham roubado uma família em Bom Jardim e depois assaltaram um posto de combustíveis em Piranhas

Publicados

Policial

Madrugada de sexta-feira (17/6) movimentada na cidade de Piranhas-GO, a 90 km de Barra do Garças-MT, em que três bandidos morreram após confronto com a Polícia Militar. Eles são suspeitos de terem assaltado uma família em Bom Jardim-GO de onde levaram dois veículos e na sequencia roubaram um posto de combustíveis em Piranhas.

Só que na fuga, os criminosos confrontaram com uma equipe do COD, Comando de Operação de Divisas, e três vieram a falecer. E nesta ação foi recuperado um veículo Gol. O assalto em Bom Jardim foi cometido por 4 indivíduos com armas de fogo e encapuzados. Eles renderam as vítimas e testemunha no local com ameaças e violência e  levaram dois veículos uma caminhonete L200, um Voyage, celulares e carteiras com várias documentações e cartões bancários, sendo que após saírem com os veículos roubados tomaram sentido a saída sentido a br-158 sentido a Piranhas.

Já em Piranhas, os criminosos assaltaram o Auto Posto Bom Jesus e  empreenderam fuga sentido Aragarças em um veículo Uno azul. Os policiais foram atrás e visualizaram o veículo Uno na beira da rodovia com uma das portas abertas na situação de abandono já aproximadamente 3 kms do posto Bom Jesus.

Leia Também:  Operação conjunta das polícias de Aragarças cumprem mandados de prisao contra tráficantes e ladrões na região

Eles abandonaram aquele veículo e pegaram apoio em outro carro. Uma equipe do COD veio em apoio das demais guarnições da PM e entrou em confronto com os criminosos e dois foram alvejados e provavelmente mais dois indivíduos embrenharam na mata e conseguiram evadir do cerco policial.

No local os policiais encontraram objetos escuros (roupas utilizadas no roubo) no meio da pista e logo a frente papeis (dinheiro esparramado na pista e acostamento). Vale salientar que dentre os objetos descartados foi identificado um dos casacos de frio ( capuz verde) sendo o mesmo utilizado no roubo do Auto Posto Kurujão  e novamente no Auto Posto Bom Jesus. Os criminosos chegaram a levar em torno de 8 a 10 mil reais do posto e 40 mil em cheques.
Em contato agora cedo com o major Ghiovanni, ele informou que está sendo concluído o boletim de ocorrência com a identificação dos criminosos. Ainda não se sabe de onde eles são.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Motorista envolvido em acidente que matou uma pessoa se apresenta à polícia em Barra do Garças

O condutor se apresentou espontaneamente acompanhado por um advogado.

Publicados

em

O motorista do veículo Chevrolet Celta que se envolveu no trágico acidente com uma motocicleta Honda CG 150 Titan, na tarde de domingo (26), nas confluências dos bairros Tamburi e Ouro Fino, em Barra do Garças, que resultou na morte de uma mulher de 44 anos, se apresentou na 1° Delegacia da Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (27).

Após o acidente, o homem abandonou o local, deixando o veículo visivelmente avariado pela colisão.

A motociclista Maria de Jesus Oliveira Cardoso, chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, porém, não resistiu e foi à óbito.

Após o acidente, a equipe de investigadores da 1°DP identificou a pessoa cujo veículo está registrado em seu nome, e a partir dessa informação, foi possivel identificar a pessoa que estava conduzindo o carro.

A investigação concluiu que no veículo estavam duas pessoas, sendo o motorista e uma criança de aproximadamente 8 anos, porém, antes de ser localizado, o condutor se apresentou espontaneamente acompanhado por um advogado.

Com algumas escoriações pelo corpo em razão do acidente, o homem de 35 anos que trabalha como pintor, relatou que a motociclista entrou bruscamente no cruzamento, e que ele não conseguiu frear, alegando que tentou virar o carro na tentativa de evitar o acidente, porém, não conseguiu.

Leia Também:  Polícia Civil suspeita da participação de policiais militares

Relatou ainda que após a colisão, pediu a uma pessoa que acionasse o Corpo de Bombeiros e deixou o local com o filho que o acompanhava.

O homem que é habilitado, confirmou que o veículo lhe pertence, e após ser ouvido foi liberado. Por se tratar de crime culposo, a legislação não prevê prisão provisória.

O delegado Pablo Borges é o responsável pelo inquérito.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA