Política

Áudios vazados tornam a situação da secretária de Saúde de Pontal do Araguaia insustentável; prefeito não retorna ligação (áudios)

Maria Glória já vinha sendo investigada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), após ser denunciada por uma série de fatores.

Publicados

Política

Áudios vazados e novas denúncias de assédio moral tornam a situação da secretária de Saúde de Pontal do Araguaia, Maria Glória da Silva, insustentável. O prefeito de primeiro mandato, Adelcino Lopo (MDB) já tomou conhecimento das acusações, contudo, ainda não se pronunciou sobre as medidas que serão tomadas.

A Rádio Atitude FM trouxe um áudio em que o ex-servidor Robert William, narrou todas as agressões sofridas durante o período em que trabalhou na secretária de Saúde. Em outro áudio exclusivo que a reportagem teve acesso, a própria Maria Gloria “diz que não quer nem olhar na cara do Robert, que ele é incompetente, e que este nem ‘abanou o r…’ e asseverou que falou com Aline (ex-secretária de Saúde), que queria a substituição do referido servidor”.

O áudio ressalta ainda “que Glória já mandava na secretaria de Saúde, mesmo sem ser nomeado, se configurando crime de tráfico de influência”.

Maria Glória já vinha sendo investigada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), após ser denunciada por uma série de fatores, entre eles, xingamentos, ameaça de demissões, menosprezo e piadas com servidores lotados na Secretaria de Saúde.

Leia Também:  Caminhão cegonha tomba e carros são espalhados em rodovia de MT

O procedimento foi instaurado no final do mês de outubro pelo procurador do Trabalho, André Canuto de Figueiredo Lima, com ampla repercussão na mídia regional. O MP de Barra do Garças, notificou o prefeito Adelcino pedindo esclarecimento de tais fatos.

Nos áudios vazados e nas novas denúncias formuladas, a secretária Maria Glória é suspeita de sobrecarregar servidores e em determinados momentos, parte para cima de vereadores que, supostamente, exigem atendimento de saúde para pacientes. Em um dos áudios, a secretária se refere à presidente da Câmara, vereadora Fabiana Corte, de forma pejorativa (impublicável).

Além disso, Maria Glória é suspeita de proferir gritos nos corredores da secretaria, bater portas, ameaças de demissão e obrigar funcionários a exercer mais de duas funções. “Pelo amor de Deus, precisamos de paz no local de trabalho. Depois da primeira denúncia ela está coagindo funcionários dentro da Secretaria e fora, indo nas residências buscar informações e ameaçar. Desde a época do prefeito Gerson ela maltrata funcionário”, relata uma denúncia anônima.

Leia Também:  PMDB recebe novas filiações; lideranças do Vale do Araguaia se filiam ao partido

A Câmara Municipal, já recebeu as denúncias, no entanto, ainda não se pronunciou sobre o que vem ocorrendo.
Maria Glória da Silva é servidora pública estadual, atualmente está cedida ao município de Pontal. Caso seja comprovada as denúncias, ela pode ser alvo de Processo Administrativo e responder o caso na Justiça.

O Rede da Notícia tentou, via telefone, falar com o prefeito Adelcino Lopo sobre a situação, contudo, ele informou que retornaria à ligação mais tarde, o que ainda não ocorreu.

Ouça os áudios no link abaixo:

https://rededanoticia.com.br/audios-vazados-tornam-a-situacao-da-secretaria-de-saude-de-pontal-do-araguaia-insustentavel-prefeito-nao-retorna-ligacao/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Jayme Campos elogia governo pelo lançamento do Novo Marco de Garantias

Publicados

em

O senador Jayme Campos (DEM-MT) participou nesta quinta-feira (25.11), no Palácio do Planalto, do lançamento do “Novo Marco de Garantias: Crédito Simples e Barato”. A medida busca proporcionar crédito com menores taxas de juros. Para Jayme Campos, o governo federal acertou, já que o programa democratiza o acesso à garantia de financiamentos.

“Nestes tempos difíceis de crise econômica e sanitária, essa ação do governo, de permitir que os brasileiros tenham acesso a crédito mais barato se torna um grande alívio, na medida em que beneficia os que querem empreender, investir, realizar a compra da casa própria, ou até evitar juros mais altos nos financiamentos. O governo acertou e estamos prontos para trabalhar essa pauta no Congresso Nacional”, destacou.

Com juros baixos e acesso facilitado ao crédito, Jayme acredita que o Novo Marco de Garantias poderá trazer para a economia mais emprego e renda. “Haverá maior movimentação em diversos setores da economia como da construção civil e, com isso, o aquecimento do setor imobiliário, caindo o desemprego e, consequentemente, aumentando a renda do brasileiro”, afirmou.

Leia Também:  Ex-deputado delata esquema de fraudes para estabilizar servidores na AL-MT

Durante o lançamento, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, destacou que o trabalhador, o empresário ou o empreendedor passarão a ter o direito de usar o valor já pago de um mesmo imóvel como garantia de mais de uma operação de financiamento. “Hoje, você vai em um banco com uma casa de R$ 1 milhão e pega R$ 100 mil emprestado, a casa toda fica para o banco. Está errado”, criticou.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, avaliou que o Novo Marco de Garantias terá papel fundamental na recuperação econômica, atuando como “grande alavancador”. Ele destacou ainda que a medida melhora o perfil da dívida pública, uma vez que permite maior número de operações com prazos mais longos e taxas mais baixas, quando comparado ao crédito sem garantia.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA