Política

Emanuel descarta Neri e diz ser ‘100 mil vezes Welligton’ para o Senado

Publicados

Política

O prefeito Emanuel Pinheiro colocou em xeque o apoio do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) de Mato Grosso à candidatura do deputado federal Neri Geller (PP), na disputa ao Senado Federal em 2022. Ao comentar sobre as conjunturas políticas, o chefe do Executivo afirmou que não tem nada contra o parlamentar, mas expressou que é “100 mil vezes Welligton Fagundes”.

“Sou 100 mil vezes Welligton. Sem nenhum demérito ao Neri, eu gosto dele, é um grande debutado federal, mas o Welligton é um político preparado”, disse durante a entrega da reestruturação da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Pascoal Ramos, na última segunda-feira (3).

Emanuel seguiu rasgando elogios ao senador Welligton Fagundes (PL), que é seu aliado de primeira hora e tentará a reeleição este ano. Nesse contexto, o gestor afirmou que Fagundes teria melhor articulação em Brasília para ajudar a Capital e outros municípios do Estado.

Para sustentar a tese, o emedebista recordou que Fagundes ajudou a destravar o aporte de R$ 100 milhões para finalizar as obras do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) que estavam paralisadas. “Tá aí o HMC, que recebeu 100 milhões de reais e custo zero para o município por meio deuma articulação de Fagundes e Blario Maggi. Quem coordenou todo o aparato para que os recursos viessem para Cuiabá foi o Welligton Fagundes. Sem contar tantas outras coisas que ele já fez para mim e cada pedaço desse chão de Mato Grosso”, complementou.

Leia Também:  TCE aprova as contas da gestão do prefeito Roberto Farias por unanimidade

Ao final, o chefe do Alencastro também disse que o apoio do MDB ao projeto de Neri ainda não seria algo selado dentro do partido. A aliança chegou a ser anunciada no último ano pelo próprio presidente da legenda, o deputado federal Carlos Bezerra. “Você acha que já fechou com Neri faltando a convenção em agosto? Se acha que vai fechar? Pergunta para ele [Bezerra]”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Eleitor pode regularizar título até 4 de maio

Publicados

em

Os eleitores que precisam regularizar o título eleitoral, solicitar transferência de endereço ou mesmo aqueles que desejam tirar a primeira via do documento, precisam se atentar ao prazo final. Esses procedimentos e qualquer outra alteração no cadastro eleitoral precisam ser feitos até o dia 04 de maio de 2022. A data, que corresponde a 151 dias antes do pleito deste ano, é estipulada para que a Justiça Eleitoral consiga organizar o pleito.

Qualquer uma destas solicitações pode ser feita pelo sistema TítuloNet. Basta preencher o requerimento online e aguardar o retorno da Justiça Eleitoral. O atendimento virtual é orientado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), no intuito de evitar aglomerações nos Cartórios Eleitorais, como medida de prevenção à Covid-19.

Clique aqui e confira o passo a passo do atendimento virtual. Os interessados também podem tirar dúvidas entrando em contato com os Cartórios Eleitorais, por telefone, e-mail ou WhatsApp, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. Há ainda o Disque Eleitor (0800 647-8191), cujo atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, entre 7h30 e 18h.

Leia Também:  Pesquisa Datafolha: Lula, 39%; Bolsonaro, 19%; Marina, 8%; Alckmin, 6%; Ciro, 5%

Títulos cancelados

Atualmente, cerca de 2,2 milhões de mato-grossenses estão em situação regular e poderão votar nas Eleições de 2022. Em contrapartida, 371.676 eleitores estão com os títulos cancelados por motivos que podem ser regularizados até a data final de 04 de maio. Deste total, 101.503 cancelamentos são decorrentes de ausência às urnas nos três últimos pleitos, e 270.173 por não comparecimento à revisão do eleitorado (isto é, não fizeram a biometria).

É importante ressaltar que a coleta biométrica continua suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em função da pandemia de Covid-19, mas isso não impede a regularização da situação. Portanto, é fundamental que as pessoas procurem o atendimento virtual o quanto antes para poderem participar do processo eleitoral.

Sobre o pleito

As Eleições 2022 ocorrerão no dia 02 de outubro, das 8h às 17h, seguindo horário de Brasília (DF), com uniformização em todos os estados e no Distrito Federal, sem exceção. Ou seja, o pleito iniciará e encerrará ao mesmo tempo, de acordo com o fuso da capital federal. Neste ano, serão eleitos os candidatos a cargos políticos que representam a União, os estados e o Distrito Federal, ou seja: presidente e vice-presidente da República, senador, deputado federal, deputado estadual/distrital, governador e vice-governador.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA