BARRA DO GARÇAS

Política

Janones desiste de candidatura e decide apoiar Lula

Publicados

Política

O até então candidato do Avante à Presidência da República, o deputado André Janones (MG), desistiu oficialmente da candidatura nesta quinta-feira (4) e decidiu apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ao blog, Janones antecipou na tarde desta quinta-feira a desistência. Disse ainda que quer que seu partido se coligue formalmente com a chapa presidencial encabeçada pelo PT.

Janones e Lula se reuniram na tarde desta quinta-feira (4), em São Paulo. O deputado já tinha indicado que tomaria a decisão de apoiar o ex-presidente.

No encontro com Lula, ficou acertado que Janones vai integrar o núcleo de redes sociais da campanha. Ele obteve popularidade ao realizar transmissões ao vivo durante a greve dos caminhoneiros, em 2018 (veja mais abaixo).

Na mais recente pesquisa Datafolha, divulgada na semana passada, Janones marcou 1% nas intenções de voto.

Conquistar o apoio de Janones era um objetivo que a campanha de Lula havia traçado. Lula quer ganhar ainda no primeiro turno. Por isso, considera essenciais os votos que iriam para Janones. Também considera importante o fato de o deputado ser de Minas, o segundo maior colégio eleitoral do país.

Leia Também:  TCE anula licitação para coleta de lixo em Várzea Grande

O agora ex-candidato do Avante afirmou nos últimos dias que as duas principais condições que colocaria para o ex-presidente Lula em troca do apoio eram: Auxílio Brasil permanente de R$ 600 e mais investimentos no SUS para tratamento de saúde mental.

Histórico

 

Nascido em Ituiutaba, Minas Gerais, Janones ganhou projeção nas redes sociais ao realizar transmissões ao vivo durante a greve dos caminhoneiros em maio de 2018. No mesmo ano, ele se elegeu como o terceiro deputado mais votado em Minas Gerais, com 178 mil votos.

A candidatura de Janones à presidência pelo Avante foi lançada oficialmente no dia 23 de julho. Em material divulgado durante a pré-campanha, o deputado chegou a dizer que poderia ser um “caminho” para evitar uma “eleição do ódio”, na qual os dois principais rivais são Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Antes de chegar ao Avante, Janones passou por três partidos, entre eles o PT. Segundo a certidão de filiação do TSE, o deputado passou pelo PT (2003-2015), PSC (2015-2018) e Democracia Cristã (por uma semana em 2018) e Avante (2018-até o momento).

Leia Também:  Festa do Peão de Torixoreu terá 3 Shows nacionais
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Vereador assume vice na chapa de Márcia ao Governo; Neri troca suplente

Luizinho é vereador em Primavera do Leste

Publicados

em

O vereador de Primavera do Leste (240 km de Cuiabá), Luiz Carlos Magalhães, conhecido como Luizinho Magalhães (PP), deverá ser o escolhido para ser o candidato a vice-governador na chapa da primeira-dama de Cuiabá e candidata ao governo do Estado, Márcia Pinheiro (PV). Ele substituirá o ex-secretário de Cuiabá Vanderlúcio Rodrigues (PP), que voltará ao seu projeto inicial de disputar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa (ALMT).

Vanderlúcio foi anunciado como vice de Márcia no sábado (6). Entretanto, durante a semana, o Partido Progressista (PP) pediu que o ex-secretário recuasse do projeto para fortalecer a chapa de candidatos a deputado estadual.

A sigla entende que a saída dele deixaria a chapa enfraquecida. A partir disso, a Federação Brasil pela Esperança, formada por PT, PV e PC do B, iniciou conversas.

Após muitas tratativas, o grupo partidário concluiu que o nome para compor com Márcia teria que vir do interior e chegou ao nome de Luizinho. As conversas estão bem avançadas e o parlamentar deverá ser anunciado na chapa de Márcia.

O vereador chegou a ser oficializado como candidato a deputado estadual, durante a convenção progressista, no dia 05 de agosto, mas com o possível recuo de Vanderlúcio, passou a ser o preferido. O 2º suplente do deputado federal e candidato ao Senado, Neri Geller (PP), também deverá ser alterado.

Leia Também:  Taques lembra que PEC foi feita a "100 mãos" e garante RGA e progressões aos servidores de MT

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), Nilton Macedo (PT), é o favorito para assumir a vaga. A 1ª suplência continua com a ex- reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Maria Lúcia Cavalli Neder (PC do B).

Ele substituirá o ex-vice-prefeito de Juína (720 km de Cuiabá), Luiz Brás (PT). O motivo da mudança, porém, não foi informado pelo grupo partidário.

Nilton, que chegou a ser confirmado como candidato a deputado federal, é da cidade de Pontes e Lacerda (450 km de Cuiabá) e tem uma trajetória de mais de 20 anos de militância na agricultura familiar e em defesa dos trabalhadores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA