BARRA DO GARÇAS

Política

Projeto do Governo vai vetar uso de emendas em shows nacionais

https://www.midianews.com.br//storage/webdisco/2022/02/10/438×291/6b330e589ee753f8315ba772fcc4dc1e.jpg

Publicados

Política

O governador Mauro Mendes (União Brasil) afirmou nesta segunda-feira (27) que vai encaminhar para a Assembleia Legislativa um projeto de lei que proíbe a destinação de emendas parlamentares para shows nacionais em Mato Grosso.

A polêmica que ficou nacionalmente conhecida como “CPI do Sertanejo”, veio à tona após a revelação dos valores milionários pagos com dinheiro público para contratação de cantores nacionais. O Ministério Público Estadual (MPE) abriu investigações sobre o caso.

“Vou mandar para a Assembleia essa semana um projeto de lei para a gente normatizar um pouco essa história, até para acabar um pouco com essas confusões. Tem dado muita polêmica, acho que é bom fazer um freio de arrumação nesse negócio”, afirmou.

De acordo com o governador, o projeto visa limitar o uso das emendas parlamentares da área da Cultura para artistas locais.

O projeto vai limitar esses recursos da cultura aos artistas mato-grossenses. Se alguém quer fazer um show nacional, ok. Pode fazer, ninguém vai ficar proibindo de fazer. Agora, o dinheiro público mato-grossense é para apoiar os artistas mato-grossenses, a cultura mato-grossense”, explicou.

Leia Também:  PF prende 60 por fraudes de R$ 1,2 bilhão na Saúde de MT e 7 Estados

Questionado, o governador negou que a proposta seja populista com vista à sua eventual reeleição.

“Eu falo como governador e tenho responsabilidades. Quando era prefeito e não fui para a reeleição, até o último dia do meu mandato eu tomava decisões que eu achava que eram corretas”, disse.

“Independente de ser ou não populares, de ser politicamente corretas, possa ganhar ou não voto, eu acho que o apoio à cultura precisa ter, o apoio a projetos culturais é importante, mas nós temos que apoiar cidadãos mato-grossenses, o artista mato-grossense”, acrescentou.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Vereador assume vice na chapa de Márcia ao Governo; Neri troca suplente

Luizinho é vereador em Primavera do Leste

Publicados

em

O vereador de Primavera do Leste (240 km de Cuiabá), Luiz Carlos Magalhães, conhecido como Luizinho Magalhães (PP), deverá ser o escolhido para ser o candidato a vice-governador na chapa da primeira-dama de Cuiabá e candidata ao governo do Estado, Márcia Pinheiro (PV). Ele substituirá o ex-secretário de Cuiabá Vanderlúcio Rodrigues (PP), que voltará ao seu projeto inicial de disputar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa (ALMT).

Vanderlúcio foi anunciado como vice de Márcia no sábado (6). Entretanto, durante a semana, o Partido Progressista (PP) pediu que o ex-secretário recuasse do projeto para fortalecer a chapa de candidatos a deputado estadual.

A sigla entende que a saída dele deixaria a chapa enfraquecida. A partir disso, a Federação Brasil pela Esperança, formada por PT, PV e PC do B, iniciou conversas.

Após muitas tratativas, o grupo partidário concluiu que o nome para compor com Márcia teria que vir do interior e chegou ao nome de Luizinho. As conversas estão bem avançadas e o parlamentar deverá ser anunciado na chapa de Márcia.

O vereador chegou a ser oficializado como candidato a deputado estadual, durante a convenção progressista, no dia 05 de agosto, mas com o possível recuo de Vanderlúcio, passou a ser o preferido. O 2º suplente do deputado federal e candidato ao Senado, Neri Geller (PP), também deverá ser alterado.

Leia Também:  Sakamoto nega pedido de liminar de Fávaro para cassação do diploma de Selma

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), Nilton Macedo (PT), é o favorito para assumir a vaga. A 1ª suplência continua com a ex- reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Maria Lúcia Cavalli Neder (PC do B).

Ele substituirá o ex-vice-prefeito de Juína (720 km de Cuiabá), Luiz Brás (PT). O motivo da mudança, porém, não foi informado pelo grupo partidário.

Nilton, que chegou a ser confirmado como candidato a deputado federal, é da cidade de Pontes e Lacerda (450 km de Cuiabá) e tem uma trajetória de mais de 20 anos de militância na agricultura familiar e em defesa dos trabalhadores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA