Saúde

Com insulina em falta, diabéticos enfrentam dificuldades em Cuiabá

Publicados

Saúde

A insulina é muito conhecida por sua função essencial no tratamento de diabéticos, controlando o nível de glicose contida no sangue.

O seu uso pode variar de acordo a necessidade de cada paciente e, em casos mais graves, são necessárias as insulinas ultra-rápidas, que tem uma ação quase imediata, agindo no impedimento do aumento do nível de açúcar no sangue, devendo ser aplicada antes da refeição.

Contudo, apesar da gravidade em que se encontram os pacientes que precisam da insulina ultra-rápida, o hormônio se encontra em falta desde maio deste ano na Farmácia de Alto Custo, onde são disponibilizados medicamentos e insumos da Assistência Farmacêutica, financiados pelo governo estadual, governo federal e municipal.

Uma das afetadas pela falta do medicamento é a pedagoga Angélica Maia, 39, que enfrenta a batalha de viver com diabetes tipo 2 já há 13 anos, tendo apenas 33% do pâncreas em funcionamento. A  Angelica contou como lida com a situação: “Muita gente está sem e está muito mal. Eu estou recebendo doação de insulina. Eu consegui doação de uma amiga e [insulina] de pessoas que já faleceram. É assim que a gente está vivendo, porque não está sendo fornecido”. Angelica afirma ainda, que ao ficar sem insulida, chega a desmaiar e fica desacordada por muito tempo.

Leia Também:  Explode o número de casos de coronavírus em MT; 361 novos infectados só nesta quinta

Além dela, José Carlos, que há mais de 15 anos usa insulina, possui diabetes tipo 1, e também precisa da insulina ultra-rápida em seu tratamento.

Vale ressaltar que os pacientes que fazem uso das ultra-rápidas necessitam de doses diárias e não podem ficar sem o medicamento sem avaliação e recomendação de um profissional especializado.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) confirma a situação e dá explicação.

Veja na íntegra:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) esclarece que o Estado adquiriu a Insulina Ultra Rápida para o atendimento de usuários portadores de Diabetes tipo II, mas a empresa vencedora do certame cancelou a entrega do medicamento. Diante disso, a SES realiza os trâmites legais para o chamamento do segundo colocado no Registro de Preço e continuidade da compra.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Prefeitura de Barra do Garças renova leitos de UTI do Pronto Socorro com novas camas elétricas

As novas camas foram compradas para substituir seis leitos que estavam sendo alugados mensalmente para uso hospitalar.

Publicados

em

A Prefeitura de Barra do Garças, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, adquiriu recentemente oito novos leitos elétricos para a UTI do Pronto Socorro Municipal. As novas camas foram compradas para substituir seis leitos que estavam sendo alugados mensalmente para uso hospitalar, com a nova aquisição estão sendo economizados cerca de R$ 90 mil anuais aos cofres municipais.

As camas foram adquiridas através de recursos de emenda parlamentar, e o secretário de Saúde, Adilson Tavares, frisou que era um anseio antigo da gestão renovar os leitos do Pronto Socorro e deixar de pagar aluguel por camas hospitalares.

“Nossa visão é em breve substituir todos os leitos por camas novas, elétricas e modernas para melhor atender nossos pacientes. Estávamos pagando mais de R$ 1.300 mensais por cama aqui no hospital, seis eram alugadas, com essa economia também podemos investir mais na estrutura do Pronto Socorro e transformar a Saúde do nosso município”.

A coordenadora geral do Pronto Socorro, Alverina Kosanke, falou sobre a necessidade urgente das camas para atender os pacientes mais necessitados.

Leia Também:  Prefeitura de São Félix do Araguaia realiza primeira "Live Cultural Canta Sanfa" com artistas locais, superou a expectativas e contagiou internautas do mundo

“Com as camas que chegaram nós já conseguimos acomodar os pacientes que mais precisavam, com mais conforto e de forma adequada. Estamos aguardando agora os novos leitos que ainda virão e que vão auxiliar no tratamento dos pacientes da UTI e da Semi Intensiva”.

De acordo com a Secretaria de Saúde, outras 14 camas estão em processo licitatório para aquisição e em breve devem chegar ao Pronto Socorro. Além disso, estão sendo adquiridos insumos e equipamentos hospitalares novos,  através de recursos do deputado estadual Nininho, no valor de R$ 200 mil, que irão contribuir com a renovação e modernização de todos os leitos de UTI e enfermaria do hospital.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA