Saúde

Governador reforça uso de máscara e prêmio Imuniza Mais segue em 2022

Publicados

Saúde

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que o prêmio Imuniza Mais MT segue no ano que vem e vai englobar todas as 12 vacinas oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Nesta quinta-feira (18), foi entregue a bonificação de R$ 2 milhões aos 15 municípios que mais vacinaram contra covid-19.

Leia também -Brasil registra menos bebês no primeiro ano da pandemia

 

No evento, ele ainda destacou que apesar do estado viver na “normalidade” alguns cuidados devem ser mantidos, principalmente nas festas de fim de ano.

“Vamos falar com os prefeitos para melhorar o desempenho e atender melhor a saúde pública”, garantiu o gestor.

O prêmio recebido só pode ser aplicado na saúde e atenção básica. Sem possibilidade de outros empregos.

De acordo com o governador, a meritocracia é um critério para premiação de municípios e servidores que será levada durante todo o mandato.

Mendes destacou a importância da vacina e atribuiu a ela a possibilidade de redução dos números de casos de covid-19 vivenciado no estado hoje. Ele ainda lamentou que algumas pessoas resistiram a tomar o imunizante e destaca que esse cenário precisa evolui.

Leia Também:  MPF investiga parentes do prefeito de Confresa por receberem auxílio emergencial

“As mortes que estão acontecendo são de pessoas que não vacinaram. Pessoas que tomaram a primeira dose e não tomaram a segunda. Ou não tomaram nenhuma. Falar de carnaval ainda está um pouco distante, mas hoje estamos tendo vida praticamente normal. A única diferença é que estamos todos usando máscaras e isso é importante”, destacou o democrata.

 

Máscaras 
Mendes destacou que o uso de máscaras só será descartado após orientação de órgãos de pesquisa. A medida visa evitar situação de países que registram elevação dos casos após suspensão prematura do equipamento de proteção.

“Não vamos fazer isso como uma decisão puramente política. O estado vai manter essa recomendação, mas vamos avaliar isso semana a semana. Manter o uso de mascara e estado de vigília, para que não ocorra o que está acontecendo na Europa. Não haja um repique agora, como o que está assustando os europeus”, afirmou.

Mendes alegou que a única imposição do Estado é o uso de máscaras, as demais medidas ficam a critério dos prefeitos e da realidade de cada local.

Leia Também:  Teste da vacina Coronavac segue em busca de voluntários em Mato Grosso

O gestor não se prolongou ao responder perguntas por conta de problemas na voz.

Confira municípios premiados
Planalto da Serra
Nova Brasilêndia
Torixoréu
Cocalinho
Porto dos Gaúchos
Campos de Júlio
Nova Ubiratã
Paranaíta
Jaciara
Nova Xavantina
Poconé
Campo Verde
Rondonópolis
Lucas do Rio Verde
Primavera do Leste

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Em 3 dias, MT tem mais de 7,2 mil teste positivos para covid-19 e 26 mortes

Entre as vítimas, está um centenário, um homem morador de Cuiabá, que morreu aos 102 anos

Publicados

em

Em três dias, mais de 7,2 mil mato-grossenses tiveram resultado para covid-19, sendo que 26 mato-grossenses não resistiram à ação do vírus e morreram, segundo boletim epidemiológico divulgado pelaSecretaria de Estado de Saúde (SES), esta segunda (24).

Entre as mortes, está novamente mais um centenário, um homem morador de Cuiabá, que morreu por conta da ação do coronavírus aos 102 anos.

Os dados levam em consideração o sábado (22) e o domingo (23), já que o boletim não é mais publicado aos finais de semana.

De acordo com o boletim, a ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva tiveram uma alta e chegou

a uma taxa de 82,8%. Já o percentual das enfermarias também subiu para 42%. Por estarem com sintomas leves

ou até assintomáticos, mais de 25,6 mil mato-grossenses estão em isolamento domiciliar.

No total, 764 pessoas estão internadas com a doença no Estado, considerando leitos públicos e privados. No

dia 3 de janeiro eram só 244. Um aumento de mais de 200%.

Leia Também:  População de MT será obrigada a usar máscara de proteção a partir do dia 13, determina governo

Os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são Cuiabá (117.124). várzea Grande (44.652),

Rondonópolis (39.573), Sinop (28.292), Tangará da Serra (19.623), Sorriso (18.797), Lucas do Rio Verde (17.288),

Primavera do Leste (16.600), Cáceres (13.552) e Alta Floresta (12.083).

Desde o início da pandemia, já foram confirmados 601.453 casos da covid-19 em Mato Grosso, sendo 14.205

óbitos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA