Saúde

Prefeitura de Confresa prorroga quarentena obrigatória por mais 15 dias

O prazo encerraria nessa segunda (7), mas por permanecer na taxa de classificação “muito alto” de contaminação por Covid-19, as medidas foram prorrogadas

Publicados

Saúde

A Prefeitura Municipal de Confresa prorrogou nesta segunda-feira (7) o decreto que estabelecia quarentena obrigatória no município. De acordo com o primeiro prazo dado pelo documento, a duração da medida encerraria no mesmo dia em que foi prorrogado.

As medidas foram adiadas uma vez que a cidade permanece na classificação “muito alto” de contágio do coronavírus, conforme Boletim Epidemiológico do dia 1 de junho, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Considerando que o município se mantém na classificação acima, Confresa deve prosseguir com medidas mais restritivas previstas no decreto que estava em vigência, para conter os casos da Covid-19.

Com a prorrogação, a quarentena será mantida até dia 22 de junho.

Alguns pontos estabelecidos pelo decreto:

– Qualquer tipo de evento, público ou privado, está proibido de acontecer;

– Restaurantes, bares, ambulantes de alimentação, drive thru, lanchonetes, conveniências e congêneres poderão atuar com até 50% da capacidade total de funcionamento, e atendimento ao público apenas de segunda a sexta-feira das 05h às 20h; aos sábados, domingos e feriados, o horário permitido é das 05h às 14h. Deliverys permanecem autorizados até 23h59;

Leia Também:  126 mil doses da vacina chegam aos municípios de MT até quarta

– Está proibido o consumo de bebidas alcoólicas nos pontos de vendas, bem como o uso de playgrounds infantis nos estabelecimentos;

– Os atendimentos presenciais nos órgãos da administração pública estão suspensos, bem como aulas no modelo presencial nas escolas do município.

Desrespeitar as regras impostas pelo decreto pode resultar em multa, interdição temporária (no caso dos comércios), e outras sanções administrativas.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Em 24h, Mato Grosso registra 407 casos e 27 óbitos por Covid

Taxa de ocupação das UTI’s é de 92%; são 489 infectados internados nos leitos

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (13), 427.979 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.417 óbitos em decorrência do coronavírus.

Nas últimas 24 horas foram notificadas 407 novas confirmações de casos e 27 mortes no Estado.

Dos 427.979 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.872 estão em isolamento domiciliar e 401.968 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 489 internações em UTIs públicas e 344 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 92,97% para UTIs adulto e em 40% para enfermarias adulto.

Os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são: Cuiabá (89.294), Rondonópolis (31.259), Várzea Grande (29.186), Sinop (20.792), Sorriso (14.770), Tangará da Serra (14.712), Lucas do Rio Verde (13.096), Primavera do Leste (10.959), Cáceres (9.222) e Alta Floresta (8.158).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Juiz devolve posse de terra supostamente comprada por vereador de Nova Nazaré de forma indevida

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (12.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.374.818 casos da Covid-19 no Brasil e 486.272 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (13.06).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA