BARRA DO GARÇAS

Saúde

Sob pressão da esquerda congresso aprova e Bolsonaro sanciona piso de R$ 4,7 mil para enfermeiros

Valor serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%)

Publicados

Saúde

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com um veto, a lei que fixa pisos salariais para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras. O ato foi publicado nesta sexta-feira (5) no “Diário Oficial da União” (DOU).

O texto do projeto, aprovado pela Câmara e pelo Senado, fixou em R$ 4.750 o piso nacional de enfermeiros dos setores público e privado, valor que serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).

  • Enfermeiros: R$ 4.750
  • Técnicos de enfermagem: R$ 3.325
  • Auxiliares de enfermagem: R$ 2.375
  • Parteiras: R$ 2.375

O texto aprovado pelo Congresso determinava que os pisos seriam atualizados anualmente com base na inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). No entanto, esse trecho foi vetado por Bolsonaro.

Segundo a Secretaria-Geral da presidência, o trecho foi vetado por ser inconstitucional e contrário ao interesse público.

Entre os argumentos apresentados pela Secretaria-geral-Geral da presidência, está que a correção anual dos valores em relação a inflação “afrontaria a autonomia dos entes federativos para concederem os reajustes aos seus servidores”.

Leia Também:  Especialista do MT Saúde destaca eficácia da fisioterapia para disfunção olfativa ocasionada pelo coronavírus

Com relação à violação ao interesse público, a pasta informou que a vinculação do reajuste à inflação poderia gerar “dificuldades à política monetária”, pois transmitiria “a inflação do período anterior para o período seguinte”, e poderia aumentar a dificuldade para reduzir a inflação.

O piso salarial entrará em vigor imediatamente após a publicação, sendo assegurada a manutenção das remunerações e salários vigentes superiores ao piso.

O projeto foi sancionado por Bolsonaro após deputados e senadores aprovarem uma emenda à Constituição que viabilizou a criação e o pagamento dos pisos para as quatro categorias.

A mudança na Constituição estabeleceu que uma lei federal definiria os pisos nacionais das categorias, o que foi fixado com a lei sancionada por Bolsonaro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Prefeito Zé Bueno entrega um dos maiores e bem equipado Hospital da região para a população de Campinápolis

Os equipamentos são novos, modernos e de última geração, a unidade conta com mobílias novas, aproximadamente 100 servidores, 40 leitos hospitalares, 02 centros cirúrgicos, sete clínicos geral que atenderão urgência emergência e media complexidade, ambulâncias, quadro de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Publicados

em

Na manhã desta sexta-feira (12.08) a reportagem do Notícia dos Municípios esteve na cidade de Campinápolis-MT acompanhando a inauguração de um dos maiores Hospitais Municipal de Mato Grosso, a cerimônia de inauguração contou com a presença de um grande numero de populares, vereadores, secretários municipais de saúde e prefeitos de municípios circunvizinhos, além da secretária de Estado de Agricultura e esposa do deputado federal Carlos Bezerra, Teté Bezerra.

Em seu discurso bastante aplaudido, o prefeito José Bueno enalteceu o trabalho em equipe da sua gestão, e destacou a atuação dos ex-prefeitos Dr. Altino Vieira Resende e Jovan Faria, que segundo Bueno contribuíram bastante com a construção daquela unidade de saúde.


Cerimônia bastante concorrida com a presença da população e autoridades.

 “A mais de uma década o Altino iniciou esta obra que é um sonho de toda população através de uma emenda do saudoso deputado federal Homero Pereira no valor de R$ 900 mil reais, há época, o Jeovan deu continuidade e mais recursos foram investidos, e nós concluímos ela definitivamente fazendo mais investimentos ampliações e aquisição de equipamentos e mobílias para fazer funcionar, investimos recursos próprios e de parcerias para garantir o bom funcionamento desta unidade de saúde”. Disse o prefeito fazendo justiça aos que o antecederam.

Segundo Zé Bueno somente na sua gestão foram aplicados mais de 2 milhões em investimentos para viver esse momento ímpar e proporcionar mais saúde de qualidade para sua população.

Leia Também:  NA “CONTRAMÃO” loja em Barra do Garças dá mau exemplo ao colocar cadeiras na rua para “segurar” estacionamento para descarregar seus caminhões

Questionado pela reportagem sobre o custo para manter a unidade funcionando, o prefeito foi enfático ao afirmar que os cofres públicos do município estão preparados para fazer funcionar o hospital e assim será feito a partir de agora. Pontuou o gestor de forma otimista.

De acordo a secretária municipal de saúde, Daiane Moura Gomes Santana, o novo Hospital de Campinápolis atenderá urgência emergência e media complexidade, a unidade conta com aproximadamente 100 servidores do quadro, além da equipe terceirizada da saúde.

Enfermarias climatizadas com camas para pacientes e acompanhantes.

Ao todo são 40 leitos hospitalares, 02 centros cirúrgicos, sete clínicos gerais atendendo, ambulâncias, quadro de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, sendo dotado de novos e modernos equipamentos de última geração.

O objetivo da gestão é ampliar ainda mais o numero de profissionais, desta feita trazendo mais especialidades para atender alta complexidade, o Hospital Regional que tem parceria com o município é o Paulo Alemão, localizado em Agua Boa (distante 150 km).

“Quero aqui agradecer a Deus por esse momento tão importante e por esse sonho realizado e também nossos parceiros que não mediram esforços para ajudar nosso município, inclusive a Câmara de vereadores, todos são nossos parceiros de primeira hora, a eles nossa gratidão”. Disse o prefeito.

Primeira Dama Ana Lucia Bueno e o prefeito Zé Bueno, sob a lente do Notícia dos Municípios.

Já a vice-prefeita Eva da Paz e a Primeira Dama Ana Lucia Correia Cacão Bueno, disseram da satisfação em participar desse momento tão importante para a saúde do município e para o bem estar da população campinapolensse, elas lembraram a luta intensa do prefeito José Bueno e toda sua equipe de governo para colocar o hospital para funcionar definitivamente visando garantir mais dignidade e qualidade de vida para a população.

Leia Também:  Prefeitura de Santa Terezinha abre processo seletivo com 24 vagas para educação e cultura

Segundo apurou nossa reportagem, o funcionamento definitivo do Novo Hospital Municipal de Campinápolis se inicia na próxima segunda-feira (15) e somente foi possível, graças ao empenho pessoal do prefeito José Bueno e sua equipe de governo que contou com o empenho e parceria firmada com o deputado estadual Nininho e os federais; Carlos Bezerra e Juarez Costa.

Durante a cerimônia de inauguração um grupo gospel local presentaram um hino alusivo à agradecimentos a Deus, e ainda contou com uma palavra de saudação por um pastor local focado em nos livros de Atos dos Apóstolos capítulo 10:10 e de Deuteronômio 28.

Atendimento e internações do Hospital Municipal.

Participaram da inauguração, a secretária de Estado de Agricultura Teté Bezerra, os prefeitos de Torixoréu, Thiago Timo, João Bang, de Nova Xavantina, de Novo São Joaquim, Leonardo Faria Zampa, o ex-prefeito de Campinápolis, Dr. Altino Vieira Rezende, secretários municipais, vereadores, autoridades civis, eclesiásticas e um grande numero de pessoas da comunidade.

ASSISTA A ENTREVISTA DO PREFEITO E DA SECRETARIA 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA