Vida

Professor da UFMT de Barra do Garças é mais uma vítima da Covid

Publicados

Vida

A pandemia continua fazendo vítimas. Faleceu na quinta-feira (15/7) o professor Joás Dias de Araújo Cavalcante, docente do Curso de Licenciatura em Educação Física, do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, da  UFMT/CUA.

Em nota de pesar da Universidade Federla de Mato Grosso, a instituição destaca que o professor Joás contribuiu  muito para a formação de alunos, e para o crescimento da UFMT. Um profissional excelente e um ser humano educado e gentil.

O professor será sepultado neste sábado, dia 17/7, em Cuiabá. Externamos nossos sentimentos aos familiares e amigos. A nota é assinada pela Pró-Reitoria do CUA e toda comunidade acadêmica de Barra do Garças e do Vale do Araguaia.

Barra do Garças está com 9.117 casos e 317 óbitos

A semana terminou apreensiva em Barra do Garças-MT com mais duas mortes e 34 infectados com o vírus da Covid-19 demonstrando que a situação da pandemia continua descontrolada. Para se ter uma ideia, as UTIs ficaram lotadas durante toda a semana.

E no boletim de sexta-feira, a Secretaria de Saúde informa que Barra do Garças tem 9.117 casos, dos quais, 8.110 estão recuperados. A taxa de recuperação é de 88%. Com mais duas mortes, Barra tem 317 vítimas da pandemia sendo 28 indígenas e 289 não-indígenas. Monitorados em isolamento são 642, casos ativos 690 e internados 48.

Leia Também:  Cachoeira Véu de Noiva seca por causa de estiagem severa em MT

Entre suspeitos e confirmados, Barra tem 24 na enfermaria da UPA, 3 na enfermaria do MedBarra, 5 na UTI do Pronto Socorro e 6 na UTI do MedBarra. Pacientes internados de outros municípios tem 2 na enfermaria da UPA, 2 na enfermaria do MedBarra, 1 na UTI do Pronto Socorro e 3 na UTI do MedBarra.

Até aqui na pandemia são 160 vítimas de outros municípios juntamente com 317 de Barra do Garças totalizando 477.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Vida

Ex-vice-prefeito e funcionários morrem soterrados em fazenda de MT

As vítimas trabalhavam em um silo de armazenagem de grãos na fazenda do médico e ex-vice-prefeito

Publicados

em

O médico e ex-vice-prefeito de Campo Verde (a 131 km de Cuiabá) Luiz Gabriel Leite da Silva, de 61 anos, morreu no domingo (12) em um acidente de trabalho ocorrido em uma fazenda no município de Planalto da Serra (a 256 km de Cuiabá). Outros dois funcionários que trabalhavam no local também faleceram.

De acordo com as informações, as vítimas trabalhavam em um silo de armazenagem de grãos na fazenda do médico quando um barranco desmoronou e os soterrou. A máquina usada no serviço também teria caído com o desmoronamento e prensado o médico.

Os trabalhadores morreram no local. A identidade de ambos ainda não foi confirmada pelas autoridades. Já o médico chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu.

Luiz Gabriel foi um dos primeiros médicos a se estabelecer na cidade de Campo Verde e fundou o primeiro hospital do município. Em 1992, foi eleito vice-prefeito e tentou a prefeitura em anos posteriores, mas não venceu.

Ele era casado e deixa quatro filhos.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Leia Também:  Morre o professor universitário aposentado Wilson Chinali

(Com informações do Gazeta Digital).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PAU E PROSA

POLICIAL

CIDADES

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA